Siga
Ex-empresário de Cristiano Araújo é morto a tiros no Rio de Janeiro

Brasil

Ex-empresário de Cristiano Araújo é morto a tiros no Rio de Janeiro

O ex-empresário do sertanejo Cristiano Araújo, D’Stefany Vaquero Lima, 32 anos, morreu depois de ser baleado na madrugada desta quarta-feira (24), em Mangaratiba, no Rio de Janeiro. Ele era conhecido como Didi Latino e, segundo a Polícia Militar do Rio, foi encontrado por agentes baleado às margens da rodovia Rio-Santos.

Segundo o jornal Extra, Didi foi encontrado pouco depois da meia-noite por policiais militares do 33º BPM e levado para Hospital Municipal Victor de Souza Breves. Ele estava com as roupas cobertas de sangue. Ainda segundo a publicação, o empresário falava coisas sem nexo e não soube explicar o que havia acontecido. Ele teria levado quatro tiros.

Didi Latino foi produtor de Cristiano Araújo, morto num acidente de carro em junho de 2015. Ele também foi empresário da dupla sertaneja Humberto e Ronaldo. Na página oficial dos cantores, uma mensagem de luto foi publicada:

“8 anos atrás começava uma amizade, uma história, dois sonhadores, que nunca desistiram. A vida nos levou a caminhos diferentes, mas nunca distantes. Difícil saber o que falar essa hora. Que Deus te receba de braços abertos irmão. Descanse em paz!”.

Fonte: Correio24horas

Publicidade

ASSFAPOM - Associação dos Praças e Familiares da Polícia e Bombeiro Militar do Estado de Rondônia

Publicidade

Conveniência Liberdade em Porto Velho

Publicidade

Gurjão Santiago Kikuchi Advogados Associados

Publicidade

BOCA ROSA – Curso de Maquiagem PROFISSIONAL

Publicidade

3D Store - O estilo que você precisa!

Publicidade

O tal do Espetinho

Publicidade

Aggio Climatização