Siga

Brasil

Homem morre ao ter relação sexual com porca – VÍDEO

Segundo a Polícia Civil, o corpo do homem estava dilacerado e alguns membros foram arrancados pelos animais. O delegado que cuida do caso disse que as provas indicam que ele foi morto pelos porcos. O caseiro estava nú, o que chamou atenção da polícia, é que J.R.N. estava com a cueca intacta abaixada em um dos pés, sendo que um dos ferimentos no órgão genital não atingiu a roupa intima, indicando possivelmente que ele estava na tentativa ou na consumação do ato de zoofilia, sendo que parte do seu órgão genital foi arrancada.

Como apenas a cueca foi encontrada junto ao corpo e não estava rasgada. Isso leva a crer que no momento em que sofreu ataque dos animais, estava nu e tentava estuprar o animal amarado.

LEIA TAMBÉM:

Romário morre em hospital após ser atacado com vários tiros

Homem que agrediu esposa a marteladas matou a ex no aniversário do filho

Vigilante é encontrado morto pendurado em corda

Suspeitos de participarem de assalto com reféns em fazenda são presos na BR

Outo fato que chamou a atenção da polícia é que as roupas do caseiro estavam na casa onde a vítima vivia. A polícia também encontrou bebida alcoólica e informou que o homem ingeriu álcool antes de entrar no chiqueiro, e um pacote de camisinha aberta, onde faltava um preservativo.

O caseiro trabalhava na chácara há muitos anos. A fazenda está localizada a 22 km da cidade, próximo ao Distrito de Ana Terra. Conforme o boletim de ocorrência da Polícia Militar, o corpo do caseiro J.R.N., de 52 anos, foi encontrado pelo proprietário da fazenda, que nesta manhã resolveu levar outro funcionário a propriedade, ao chegar no local deparou com a cena inusitada, o funcionário estava sem vida e encontrava se nú, com a cueca em um dos pés, parte do seu órgão genital foi decapitado, bem como outras partes do corpo. No chiqueiro havia uma porca amarrada e mais dois porcos.

O corpo foi encaminhado para Instituto Médico Legal da Cidade de Sorriso-MT. No laudo do IML da cidade de Sorriso-MT, o médico legista concluiu que o caseiro teve uma hemorragia intracerebral, vindo a estourar uma veia na região da cabeça.

Com apresentação do laudo, a polícia descarta a hipótese de crime contra a vida, confirmando indícios deixados anteriormente no local, para a polícia ficou evidente que a vítima foi voluntariamente ao local com intenção de abusar sexualmente do animal e durante algum tempo, algo deu errado, isso provocou sua morte, onde logo após, foi dilacerado pelos porcos.

Alguns especialista do assunto diz que, a hemorragia intracerebral pode ser provocada por consumo excessivo de bebidas alcoólicas associa-se a grande aumento na incidência de AVC. O consumo rotineiro de álcool leva a hipertensão e níveis inadequados de colesterol no sangue um grande fatores de risco.

Fonte: Agencia de Noticias

Publicidade

ASSFAPOM - Associação dos Praças e Familiares da Polícia e Bombeiro Militar do Estado de Rondônia

Publicidade

Conveniência Liberdade em Porto Velho

Publicidade

Gurjão Santiago Kikuchi Advogados Associados

Publicidade

BOCA ROSA – Curso de Maquiagem PROFISSIONAL

Publicidade

3D Store - O estilo que você precisa!

Publicidade

O tal do Espetinho

Publicidade

Aggio Climatização