Siga
PF investiga servidor que compartilhou fotos eróticas com armas

Brasil

PF investiga servidor que compartilhou fotos eróticas com armas

As imagens foram compartilhadas em um grupo de WhatsApp

A Superintendência da Polícia Federal no Ceará instaurou uma sindicância para apurar se um servidor praticou infração disciplinar ao compartilhar fotos em que “mulheres aparecem em posições eróticas com paramentos e objetos alusivos à Polícia Federal, inclusive segurando o que possivelmente seria uma arma de fogo”.

De acordo com o colunista Lauro Jardim, do jornal O Globo, as imagens foram postadas em um grupo de WhatsApp.

Uma sindicância é aberta quando algo não configura crime, mas sim uma transgressão ou desvio de conduta.

Fonte: G1

Publicidade

ASSFAPOM - Associação dos Praças e Familiares da Polícia e Bombeiro Militar do Estado de Rondônia

Publicidade

Conveniência Liberdade em Porto Velho

Publicidade

Gurjão Santiago Kikuchi Advogados Associados

Publicidade

BOCA ROSA – Curso de Maquiagem PROFISSIONAL

Publicidade

3D Store - O estilo que você precisa!

Publicidade

O tal do Espetinho

Publicidade

Aggio Climatização