Siga
Grupo KES - Curso de Formação de Bombeiro Civil


Cidade

ASSFAPOM denuncia que mais uma vez policiais militares estão sem água potável

ASSFAPOM denuncia que mais uma vez policiais militares estão sem água potávelA vereadora Ada Dantas Boabaid (PMN) e presidente em exercício da Associação dos Familiares dos Praças da Polícia e Bombeiro Militar do estado de Rondônia (ASSFAPOM), recebeu denúncias por parte dos Policiais Militares da 2ª Companhia do 1ºBPM, que simplesmente não existe água mineral no batalhão.

Denúncias de policiais que buscaram a associação, afirmam que inclusive os militares estão tirando dinheiro do próprio bolso, para em conjunto conseguirem comprar esses mantimentos básicos para a permanência no local de trabalho.

A vereadora Ada Dantas enfatizou que esta situação não é a primeira vez que acontece. Sendo ter ocorrido outras vezes, e disse que na época foi feita a doação da água mineral ao PM’S, e por conta disto responde processo judicial, pelo fato do comandante do Batalhão responsável pela 2ª Cia, coronel PM Alcântara, ter se incomodado com a doação de água mineral feito na época pela ASSFAPOM.

Ada Dantas irá buscar as medidas cabíveis em legislação para resolver esse problema, que tira as condições mínimas para o exercício do trabalho digno de um policial.

“Uma situação como essa é inaceitável, sabemos que existem recursos para a segurança pública rondoniense. E mesmo assim policiais militares são acometidos a uma situação humilhante e desumana”. argumentou Ada Dantas.

Ainda, segundo Ada Dantas, é necessário saber os motivos que levaram os quarteis a chegarem a tal ponto de degradação, já que investimentos na qualidade do trabalho devem ser considerados essenciais pelo Estado, para garantir a segurança pública de forma efetiva.

“Quando chega ao ponto de faltar água mineral dentro do quartel, é a prova de que algo anormal está havendo na gestão de segurança pública. Estaremos oficializando a denúncia junto ao deputado Jesuíno Boabaid (PMN), presidente da Comissão de Segurança Pública da Assembleia Legislativa, bem como grande defensor dos militares, solicitando que seja aberto um procedimento investigativo, em busca da solução do problema. Entretanto, averiguando os motivos que levam o quartel está em estado calamitoso”, finalizou Ada Dantas.

Fonte: Assessoria

comentários

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade

3D Store - O estilo que você precisa!

Publicidade

ASSFAPOM - Associação dos Praças e Familiares da Polícia e Bombeiro Militar do Estado de Rondônia

Publicidade

Home Help Reparos e Soluções!

Publicidade

Aggio Climatização

Mais em Cidade