Siga

Cidade

VERGONHA – Comunidade sofre há mais de 10 anos com rua abandonada

De acordo com os moradores, nesse período já passaram três prefeitos em Porto Velho, e nenhum deles foi capaz buscar resolver esse problema

Um problema recorrente que permanece ano após ano, gestão após gestão, a falta de estrutura urbana minima para cidadãos de diversas regiões de Porto Velho, motivo de vergonha e atestado de incompetência, são bairros inteiros sem condições sanitárias, área de convívio social e acessibilidade.

No bairro Castanheira, zona Sul de Porto Velho, moradores da rua B 1, estão há mais de dez anos vivendo em meio ao abandono, de acordo com os moradores, nesse período já passaram três prefeitos em Porto Velho, e nenhum deles foi capaz buscar resolver esse problema que transtorna a e traz prejuízos à vida dessas pessoas.

Os problemas são muitos, falta de limpeza pelos órgãos municipais competentes, o que acaba culminando em matagais propícios para a atuação de criminosos ou formação de organismos genitores de endemias como dengue, zika, meningite, vermes, entre outras.

Sem o devido processo de saneamento a comunidade é forçada a conviver na presença de excrementos sanitários, mal cheiro que leva algumas pessoas à passarem mal quando permanecem muito tempo nas proximidades.

Ainda segundo a comunidade do bairro, nenhum vereador da atual legislatura se prontificou para ir até o local e tentar resolver essa problemática situação vivida por esses moradores.

Recentemente os vereadores concordaram em aumentar o imposto pago pela iluminação pública, porém, nessa região, quando funciona os postes são insuficientes para garantir um trajeto segura para quem utilizar a via em período noturno.

Problemas como esse não são exclusividades do bairro Castanheira, áreas da zona Leste de Porto Velho também apresentam condições urbanas e sanitárias dignas do Haiti, uma situação que já passou da hora de ser revista, um grande plano de ação precisa ser colocado em prática para tirar Porto Velho de uma vez por todas no medievalismo, ou a comunidade permanecerá nesse sofrimento.

Fonte: JH Notícias

Publicidade

ASSFAPOM - Associação dos Praças e Familiares da Polícia e Bombeiro Militar do Estado de Rondônia

Publicidade

Conveniência Liberdade em Porto Velho

Publicidade

Gurjão Santiago Kikuchi Advogados Associados

Publicidade

BOCA ROSA – Curso de Maquiagem PROFISSIONAL

Publicidade

3D Store - O estilo que você precisa!

Publicidade

O tal do Espetinho

Publicidade

Aggio Climatização