Siga
Grupo KES - Curso de Formação de Bombeiro Civil
Daniel Alves fala em sensação agridoce na volta ao Camp Nou e põe Juve favorita


Esporte

Daniel Alves fala em sensação agridoce na volta ao Camp Nou e põe Juve favorita

Lateral, que atacou de guia pela velha casa, volta a Barcelona para encarar o ex-clube em partida decisiva pela Liga dos Campeões: “Acho que temos 60% de chances”

“É como a minha apresentação”. Daniel Alves está de volta ao Camp Nou, desta vez como adversário. O lateral chegou nesta terça-feira a Barcelona, onde enfrenta o clube que defendeu entre 2008 e 2016 pelo jogo de volta das quartas de final da Liga dos Campeões, e já sentou à mesa de entrevistas para falar com a imprensa espanhola. E a saída do Barça para a Juve, obviamente, esteve em pauta na coletiva que antecede o duelo entre os dois times que vale vaga na semifinal da Champions.

– Não queria ser muito extremista. Queria expressar o que eu estava sentindo. Eu não gosto de ficar com uma energia negativa porque torna a vida chata. Se alguém se sentiu mal, peço desculpas. Tudo o que eu vivi no Barça foi sensacional e tinha a sensação agridoce que saí pela porta onde me quiseram empurrar. Preferi usar a mídia de Madri porque eu sabia que eles não estavam me manipulando e os de Barcelona poderiam – disse Daniel Alves, falando sobre as críticas que fez ao Barça na saída, em entrevistas à imprensa de Madri.

Antes da coletiva, Daniel Alves pôde pisar no gramado do Camp Nou e fez o papel de “guia” para outras estrelas do elenco bianconero. Após a vitória por 3 a 0 em Turim, a Velha Senhora pode perder por até dois gols de diferença. Mesmo assim, ele indica apenas um leve favoritismo dos italianos.

– Estou muito emocionado de estar de volta. Não tive antes a oportunidade de voltar e pisar no gramado do Camp Nou. Acho que temos 60% de chances de se classificar e o Barça 40%, com todo o respeito, mas sabemos que todos os jogos são complicados no Camp Nou e queremos marcar gols. Não apenas nos defender. Temos a intenção de machucar o Barça e um gol faria muita diferença.

– Se passarmos pelo Barça, e espero que façamos isso, teremos então eliminado o melhor time do mundo.

E a relação do jogador com Barcelona, após oito anos vivendo na cidade catalã, deu o tom durante toda a entrevista.

– Hoje tenho um espaço especial para o Barcelona no meu coração, mas preciso separar isso do profissionalismo. Algumas pessoas me amarram em Barcelona e outras não. Os catalães são pessoas especiais, mas meu estilo de vida não se encaixa muito no que eles pensam. Não sei como será a recepção nesta quarta, mas estou feliz por estar de volta a um lugar no qual considero minha casa, mesmo que seja como um rival.

Por fim, Daniel Alves falou sobre Messi e Iniesta, que atuaram ao seu lado em seus oito anos no clube, e revelou que torce para que ambos renovem seus contratos.
– Para o bem do futebol espero que continuem. Eu acho que (Messi e Iniesta) são lendas do Barcelona, e lendas devem ser cuidadas, mimadas e receber carinho. Espero que renovem e que possamos continuar a apreciá-los.

O time italiano pode até perder por dois gols de diferença que garante vaga na semifinal. Para deixar ainda mais animada a torcida italiana, o clube de Turim não perde por três gols de diferença desde janeiro 2011, quando foi superado pelo Napoli por 3 a 0.

Fonte: Globo Esporte

comentários

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade

3D Store - O estilo que você precisa!

Publicidade

ASSFAPOM - Associação dos Praças e Familiares da Polícia e Bombeiro Militar do Estado de Rondônia

Publicidade

Home Help Reparos e Soluções!

Publicidade

Aggio Climatização

Mais em Esporte