Siga

Esporte

Presidência do VEC se pronuncia sobre incidente no jogo; “Ameaçaram nossos jogadores de morte”

O jogo entre Barcelona e Vilhena Esporte Clube que ocorreu no último sábado, 17, no Estádio Portal da Amazônia, foi marcado por alguns incidentes, que envolveram não só os jogadores, mas as torcidas dos dois clubes.

Ainda no primeiro tempo de jogo o volante Nick, camisa 20 do Barcelona e o zagueiro Bispo do VEC, foram expulsos de campo durante uma confusão generalizada em campo. Ao final da primeira etapa ainda com os ânimos a flor da pele os jogadores trocaram “elogios” na entrada dos vestiários.

A confusão teve seu auge na entrada do vestiário do Vilhena, quando a torcida do Barcelona invadiu o espaço reservado ao descanso dos jogadores.

Segundo o presidente do Lobo do Cerrado, Carlos Dalanhol, o erro aconteceu por parte do mandante da partida, que não observou um fato importante. “Eles colocaram uma barraca vendendo cerveja na entrada do nosso vestiário. Outra coisa. Na hora do intervalo, tivemos que abrir o portão por “inventaram” um jogo entre crianças e eles queriam passar por ali. O que é um erro, já que existe um portão do outro lado que é para esse tipo de coisa”, declarou Gaúcho do Milho.

Ao abrir o portão que dá acesso ao vestiário do VEC alguns torcedores do Barcelona invadiram o espaço e começaram a disparar copos descartáveis, gelo e bebida em direção dos jogadores o que gerou uma confusão generalizada e a polícia militar foi acionada.

Após o jogo aconteceu o fato mais sério. O presidente do VEC recebeu uma ligação telefônica de um torcedor do Barcelona que dizia estar armado e ameaçava tirar a vida de atletas do VEC. Ao mesmo tempo, os jogadores entraram em contato com o presidente informando que havia um veículo rondando a casa onde eles estão alojados. Gaúcho acionou a polícia militar e também se dirigiu ao local. “Houve ameaça de morte e isso precisa ser averiguado. Alguns de nossos jogadores tiveram que ir dormir em hotéis da cidade. Nós temos os nomes dos suspeitos, que inclui até um jogador do Barcelona”, garantiu o presidente.

Segundo Gaúcho, esse imbróglio todo gira em torno de apenas uma coisa, as Marias Chuteiras. “Elas incitam muita coisa nas redes sociais. Não tenho nada a ver com a vida delas, mas algumas coisas passam do limite a acaba dando em briga, como deu no campo e no final do jogo entre elas mesmas”, disse.

Vec x Barcelona voltam a se enfrentar no próximo domingo, 25. A diretoria do Lobo do Cerrado garantiu que irá reforçar a segurança do local para que novas confusões não aconteçam.

Fonte: Assessoria

Publicidade

ASSFAPOM - Associação dos Praças e Familiares da Polícia e Bombeiro Militar do Estado de Rondônia

Publicidade

Conveniência Liberdade em Porto Velho

Publicidade

Gurjão Santiago Kikuchi Advogados Associados

Publicidade

BOCA ROSA – Curso de Maquiagem PROFISSIONAL

Publicidade

3D Store - O estilo que você precisa!

Publicidade

O tal do Espetinho

Publicidade

Aggio Climatização

Mais em Esporte