Siga

Esporte

UFC – “Ser campeão é obsessão. Não quero ser aquele cara do ‘quase”. Diz Johnson

Anthony Johnson

Imagem: Sportv

A derrota para Daniel Cormier no UFC 187, em 2015, não sai da cabeça de Anthony Johnson. O peso-meio-pesado, que disputará o cinturão da categoria com seu algoz naquela luta e que se manteve até hoje como o campeão, Daniel Cormier, revelou, durante uma teleconferência de imprensa, que se tornar campeão se transformou em uma obsessão mental.

– Conquistar o cinturão vai colocar as coisas em ordem para mim. Mentalmente, isso se tornou uma obsessão. Ser campeão é o objetivo final para lutadores ou atletas de quaisquer outros esportes. Ser o melhor, o campeão. Conquistar o cinturão me colocará ao lado dos melhores entre os melhores. Não quero ser visto como aquele cara que “quase foi campeão”, como aqueles de quem as pessoas falam que poderiam ou deveriam ter sido isso ou aquilo. Quero ser o cara que as pessoas digam que “conseguiu”.

Dominado pelo wrestling de Cormier na primeira luta entre os dois, Johnson garante que evoluiu diariamente após a derrota, e pede que as pessoas espérem um lutador muito diferente do de dois anos atrás.

– Definitivamente não sou o mesmo lutador de dois anos atrás. Melhorei a cada dia depois daquela luta, e vocês verão um cara diferente quando eu subir no octógono. A derrota para Daniel Cormier me fez treinar mais, e sei o que preciso fazer para vencer esse cara.

Com um dos maiores poderes de nocaute do MMA mundial, Johnson acredita que sua fama de ser um “lutador de um round só” vem dos nocautes que conseguiu nos minutos iniciais de seus combates. Para ele, se Cormier ou as demais pessoas têm essa opinião sobre ele, isso não o incomoda em nada.

Ser campeão é obsessão. Não quero ser aquele cara do quase. Diz Johnson

Imagem: Sportv

– A maioria das pessoas acha que eu sou um lutador de um round apenas, porque a maioria das minhas lutas acabou no primeiro round. É a opinião deles, e para mim não tem problema algum. Não preciso provar nada para ninguém, a não ser para mim mesmo. Se Cormier e todo mundo quiser acreditar nisso, por mim, tudo bem.
O UFC 210 acontece no próximo dia 8 de abril, e o Combate transmite ao vivo e com exclusividade. O Combate.com transmite as duas primeiras lutas do card preliminar em vídeo e acompanha o torneio na íntegra, em Tempo Real. Confira o card completo e atualizado:

UFC 210

8 de abril, em Buffalo (EUA)

CARD PRINCIPAL (a partir de 23h, horário de Brasília):
Peso-meio-pesado: Daniel Cormier x Anthony Johnson
Peso-médio: Chris Weidman x Gegard Mousasi
Peso-palha: Cynthia Calvillo x Pearl Gonzalez
Peso-meio-médio: Thiago Pitbull x Patrick Côté
Peso-leve: Will Brooks x Charles do Bronx
CARD PRELIMINAR (a partir de 19h15, horário de Brasília):
Peso-pena: Myles Jury x Mike de la Torre
Peso-meio-médio: Kamaru Usman x Sean Strickland
Peso-pena: Shane Burgos x Charles Rosa
Peso-meio-pesado: Patrick Cummins x Jan Blachowicz
Peso-leve: Josh Emmett x Desmond Green
Peso-leve: Gregor Gillespie x Andrew Holbrook
Peso-galo: Katlyn Chookagian x Irene Aldana
Peso-mosca: Magomed Bibulatov x Jenel Lausa

Fonte: Sportv

Publicidade

ASSFAPOM - Associação dos Praças e Familiares da Polícia e Bombeiro Militar do Estado de Rondônia

Publicidade

Conveniência Liberdade em Porto Velho

Publicidade

Gurjão Santiago Kikuchi Advogados Associados

Publicidade

BOCA ROSA – Curso de Maquiagem PROFISSIONAL

Publicidade

3D Store - O estilo que você precisa!

Publicidade

O tal do Espetinho

Publicidade

Aggio Climatização

Mais em Esporte