Siga
Trote da “baleia azul” acaba em confusão em Rondônia
Imagem Ilustrativa

Geral

Trote da “baleia azul” acaba em confusão em Rondônia

Na tarde deste sábado, 13, uma mulher procurou a delegacia de Polícia Civil, em Vilhena, relatando que seu filho, de 10 anos de idade, e a prima do menino, de 15 anos, haviam ligado para outra criança passando um trote sobre a “baleia azul”.

A mulher contou que a criança que recebeu a ligação se assustou e contou para o pai. O homem teria pego o telefone da filha e falado para as crianças que iria prender eles e a família.

Os meninos então passaram o telefone para mãe, e segundo ela, o homem queria encontrar com ela e as crianças na Escola Paulo Freire, disse que era policial e que queria “resolver” aquela situação. O pai da menina ainda teria enviado uma foto de um homem armado, com um capuz na cabeça.

Segundo relatos da mãe, o filho dela se apavorou e fugiu de casa, com medo de ser preso, e só foi encontrado mais de uma hora depois, próximo ao Parque de Exposições, chorando e assustado, dizendo que não queria voltar pra casa pois todos seriam presos.

Diante da situação, a mulher resolveu ir até a delegacia e registrar um boletim de ocorrência.

Fonte: Extra de Rondônia

Publicidade

ASSFAPOM - Associação dos Praças e Familiares da Polícia e Bombeiro Militar do Estado de Rondônia

Publicidade

Conveniência Liberdade em Porto Velho

Publicidade

Gurjão Santiago Kikuchi Advogados Associados

Publicidade

BOCA ROSA – Curso de Maquiagem PROFISSIONAL

Publicidade

3D Store - O estilo que você precisa!

Publicidade

O tal do Espetinho

Publicidade

Aggio Climatização