Siga
Grupo KES - Curso de Formação de Bombeiro Civil


Polícia

Homem brinca com arma na frente de criança pequena e o pior acontece; vídeo (Cenas Fortes)

Imagens antigas, registradas em 2009, voltaram a rodar na internet nos últimos dias. As cenas são bem fortes e mostram um homem em um evento ao lado de um garotinho que parece ser seu filho. De repente o adulto levanta a arma para o alto e atira, tendo como testemunha a criança. O menino inclusive fica muito curioso e tenta pegar a pistola, como se fosse um brinquedo novo.

Na sequência o cinegrafista amador foca os convidados da festa e quando se volta novamente para pai e filho uma cena chocante é registrada na sequência.

O vídeo mostra a criança, com aproximadamente três anos, segurando o mesmo revólver em gesto parecido com o que acabara de assistir do pai. Não se sabe de o homem teria entregado o objeto para o pequeno porque achava que estava sem mais munição. Outra hipótese é que ele sequer tenha se dado conta de que o bebê conseguiu pegar o armamento.

O fato é que, infelizmente, o menininho acaba apertando o gatilho e acerta em cheio a barriga do adulto. Dá para ver o homem sentindo o impacto do tiro. E o vídeo termina de forma abrupta. Provavelmente os convidados tenham se dividido entre socorrer a vítima e retirar a arma da mão do garotinho.

Não se sabe exatamente a data e o local onde as imagens foram captadas. Parece se tratar de um evento semelhante a um rodeio ou uma corrida de cavalos. A música ouvida ao fundo mostra que não se trata das festas de peão do Brasil.

Independentemente da origem do conteúdo, o vídeo é mais um elemento que reforça o debate sobre o porte de armas.

Por aqui, portar uma arma não é ilegal, mas as pessoas que conquistarem esta autorização têm de atender vários requisitos bem rígidos junto às autoridades policiais federais.

No momento tramitam no Congresso Nacional muitos projetos de lei no para flexibilizar as condições. A justificativa é que as pessoas têm o direito de se defenderem de bandidos.

Recentemente foi proposto também que pessoas que comprovem moradia em áreas rurais possam ter a posse de armas, visto que elas estão em pontos muito distantes de unidades policiais, e por isso são mais vulneráveis a investida de criminosos ou mesmo de animais selvagens.
O assunto gera muita controvérsia entre partidários e contrários ao armamento civil.

ASSISTA O VÍDEO:

Fonte: news

comentários

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade

3D Store - O estilo que você precisa!


Deputado Jesuíno Boabaid

Publicidade

ASSFAPOM - Associação dos Praças e Familiares da Polícia e Bombeiro Militar do Estado de Rondônia

Publicidade

Home Help Reparos e Soluções!

Publicidade

Aggio Climatização

Mais em Polícia