Siga
Marido é preso por matar mulher a facadas na frente das filhas após vítima descobrir traição
@reprodução

Brasil

Marido é preso por matar mulher a facadas na frente das filhas após vítima descobrir traição

Vítima chegou a procurar ajuda, mas foi arrastada pelo marido até o meio da rua

Um homem de 32 anos foi preso pela Polícia Civil nesta sexta-feira (20), suspeito de matar a mulher dele a facadas na frente das três filhas, com idades entre seis meses e cinco anos, no último dia 13, no Bairro Novo Paraíso II, em Cuiabá. Segundo a polícia, a vítima, Ana Paula Assunção da Silva, de 28 anos, foi morta após descobrir uma traição do marido, Abel Cassiano de Assis.

+ GOE prende suspeitos com armamento de grosso calibre e caminhonete roubada de deputado

O Portal não conseguiu localizar a defesa do suspeito. À polícia, porém, ele alegou um surto psicótico e disse que não se lembra do assassinato, apenas que discutiu com a mulher dele.

+ Polícia desvenda morte de tatuador em Rondônia; assassino foi ao velório da vítima

De acordo com as investigações da Polícia Civil, o casal se desentendeu depois que a mulher descobriu uma traição do marido. O suspeito, então, desferiu um golpe de faca contra a vítima, na frente das filhas, dentro da casa em que eles moravam. A mulher conseguiu correr até a casa de uma vizinha, mas foi agarrada pelo marido antes de conseguir ajuda.

Facebook ► JH Notícias
Instagram ► @jhnoticias
Twitter ► @jhnoticias

Conforme a polícia, a vítima foi arrastada da porta da vizinha até o meio da rua, onde o suspeito terminou de esfaqueá-la, abandonando o corpo e fugindo, em seguida.

+ Pergunta sobre ânus deixa especialista do Altas Horas sem resposta

A prisão preventiva do suspeito foi expedida pela Justiça na segunda-feira (16) pela 1ª Vara de Violência Doméstica de Cuiabá. Ele foi procurado, mas decidiu se entregar apenas após a delegada Juliana Chiquito Palhares, da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), entrar em contato com o advogado dele.

+ Homem perde parte da cabeça após beber energéticos em excesso – FOTOS

O suspeito se apresentou na sede da DHPP nesta sexta-feira, onde foi notificado da ordem de prisão e interrogado. Para a delegada, ele afirmou que a mulher o ameaçava de morte e o perturbava. Ele será apresentado em audiência de custódia e, se a prisão for mantida, deverá ficar recolhido em uma unidade prisional da capital.

Fonte: G1

Publicidade

ASSFAPOM - Associação dos Praças e Familiares da Polícia e Bombeiro Militar do Estado de Rondônia

Publicidade

Conveniência Liberdade em Porto Velho

Publicidade

Mega Frio Climatização

Publicidade

Gurjão Santiago Kikuchi Advogados Associados

Publicidade

BOCA ROSA – Curso de Maquiagem PROFISSIONAL

Publicidade

3D Store - O estilo que você precisa!

Publicidade

O tal do Espetinho