Siga
Polícia Federal deflagra operação para prender ex-secretário de saúde

Polícia

Polícia Federal deflagra operação e prende ex-secretário de saúde

A operação chamada “Fratura Exposta” está ligada a Operação Calicute, versão da Lava Jato no Rio, e mira a área da Saúde

A Polícia Federal está nas ruas do Rio de Janeiro nesta terça-feira (11) para cumprir mandados de prisão e de busca e apreensão contra o ex-secretário de Saúde do Rio Sérgio Côrtes e os empresários Miguel Iskin, presidente da Oscar Iskin, uma das maiores distribuidoras de material médico, e de seu sócio, Gustavo Estellita Cavalcanti Pessoa. Côrtes foi preso em seu apartamento na Lagoa Rodrigo de Freitas.

Segundo informações do jornal O Globo, a força-tarefa do Ministério Público Federal e agentes da PF ainda tentam localizar os empresários.

LEIA MAIS

Fratura Exposta

A operação chamada “Fratura Exposta” está ligada a Operação Calicute, versão da Lava Jato no Rio, e mira a área da Saúde.

Os três envolvidos são acusados pelo MPF de comandar um cartel de distribuidoras e fornecedoras de serviços que teria fraudado as licitações da secretaria de Saúde durante a gestão de Côrtes (2007-2013) e no Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia (Into).

A ação também cumpre hoje uma série de mandados de busca e apreensão e de condução coercitiva.

DENÚNCIA

O pagamento de propina nas compras de equipamentos importados foi denunciado pelo advogado Cesar Romero Vianna, ex-secretário executivo de Côrtes na Saúde. Segundo O Globo, o golpe pode ter custado pelo menos R$ 300 milhões anuais aos cofres do governo estadual.

Fonte: Notícias de Rondônia

Publicidade

ASSFAPOM - Associação dos Praças e Familiares da Polícia e Bombeiro Militar do Estado de Rondônia

Publicidade

Conveniência Liberdade em Porto Velho

Publicidade

Gurjão Santiago Kikuchi Advogados Associados

Publicidade

BOCA ROSA – Curso de Maquiagem PROFISSIONAL

Publicidade

3D Store - O estilo que você precisa!

Publicidade

O tal do Espetinho

Publicidade

Aggio Climatização