Siga
Ministro nega pedido de Aécio para que plenário decida sobre prisão

Política

Ministro nega pedido de Aécio para que plenário decida sobre prisão

O ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), rejeitou pedido do senador afastado Aécio Neves (PSDB-MG) para que o pedido de prisão preventiva do tucano fosse julgado pelo plenário da Corte e não pela Primeira Turma. Mello é relator do inquérito que investiga o parlamentar no STF. As informações são do jornal O Globo.

O advogado Alberto Toron, que defende Aécio, afirmava que a análise do pedido de prisão é uma questão “da mais alta relevância e gravidade” e que, portanto, o assunto deveria ser enviado ao plenário da Corte. Na decisão, Marco Aurélio afirma que “o desfecho desfavorável a uma das defesas é insuficiente ao deslocamento”.

Ainda segundo o jornal, a tendência da Primeira Turma é de rejeitar o pedido de prisão, mas manter o afastamento de Aécio do Congresso. A defesa do parlamentar pediu retorno ao exercício do mandato, do qual foi afastado em maio por determinação do ministro Edson Fachin, relator da Operação Lava Jato. O julgamento no STF está previsto para a próxima terça (20).

Publicidade

ASSFAPOM - Associação dos Praças e Familiares da Polícia e Bombeiro Militar do Estado de Rondônia

Publicidade

Conveniência Liberdade em Porto Velho

Publicidade

Gurjão Santiago Kikuchi Advogados Associados

Publicidade

BOCA ROSA – Curso de Maquiagem PROFISSIONAL

Publicidade

3D Store - O estilo que você precisa!

Publicidade

O tal do Espetinho

Publicidade

Aggio Climatização