Siga
BOMBA - Óculos ray-ban teriam sido pagos com recursos da Assistência Médica do IPAM
Imagem Arquivo

Rondônia

BOMBA – Óculos ray-ban teriam sido pagos com recursos da Assistência Médica do IPAM

Se a Comissão Especial, criada pela Assembleia Legislativa de Rondônia, vem encontrando dificuldades para descobrir o paradeiro dos cerca de 2,5 milhões de reais dos cofres do Iperon (Instituto de Previdência dos Servidores Público do Estado de Rondônia), indico ao seu presidente, deputado Jesuíno Boabaid (PMN), que convide o Bosco da Federal para acompanhar os trabalhos.

Menos de três meses na presidência do Ipam (Instituto de Previdência e Assistência dos Servidores Públicos do Município de Porto Velho) foram suficientes para Bosco identificar ralos enormes por onde escorriam a suada contribuição dos segurados municipais. Hoje, já se sabe, por exemplo, que até óculos ray-ban teriam sido pagos com recursos da Assistência Médica, enquanto o atendimento médico-hospitalar vai de mal a pior.

Não quero dizer com isso que a ALE não possua pessoas qualificadas para a missão. Pelo contrário, há, em seus quadros, excelentes profissionais, muitos dos quais servidores de carreira, com extensa folha de serviços prestados àquela Casa. Essa dinheirama saiu dos salários dos servidores do Estado de Rondônia e, consequentemente, foi repassada ao Iperon para pagamento de aposentadorias e pensões. Dinheiro, como se diz, não tem asas, nem pernas. É provável que esteja bem guardado em uma conta bancária.

Longe de mim pretender negar a validade da Comissão Especial, como meio de investigação política, pois é um direito dos deputados lançar mão dela na expectativa de tirar a limpo dúvidas que por acaso possam ter em relação a certa condutas administrativas no campo do poder público.

Preocupa-me o fato de que a maioria das Comissões criadas pela ALE/RO foi usada como ferramenta de politicagem, cujos desdobramentos, quase sempre, são de pouco ou nenhuma validade.

Não se diga, contudo, que esse seja o caso da CE do Iperon, mas os episódios, recentes ou não, desanimam. Mesmo assim, torço para que tudo não acabe numa tremenda pizza gigante. Por precaução, chamem o Bosco da Federal para dar uma mãozinha.

Fonte: Valdemir Caldas

Publicidade

ASSFAPOM - Associação dos Praças e Familiares da Polícia e Bombeiro Militar do Estado de Rondônia

Publicidade

Conveniência Liberdade em Porto Velho

Publicidade

Gurjão Santiago Kikuchi Advogados Associados

Publicidade

BOCA ROSA – Curso de Maquiagem PROFISSIONAL

Publicidade

3D Store - O estilo que você precisa!

Publicidade

O tal do Espetinho

Publicidade

Aggio Climatização

Mais em Rondônia