Siga
Grupo KES - Curso de Formação de Bombeiro Civil
PM prorroga até o dia 27 inscrições de ex-policiais para trabalhar no Colégio Tiradentes em Ariquemes, Ji-Paraná, Porto Velho e Vilhena


Rondônia

Polícia Militar prorroga inscrições de ex-policiais para trabalhar no Colégio Tiradentes

PM prorroga até o dia 27 inscrições de ex-policiais para trabalhar no Colégio Tiradentes em Ariquemes, Ji-Paraná, Porto Velho e Vilhena

O comandante da Polícia Militar de Rondônia, coronel Ênedy  Dias de Araújo, prorrogou do dia 13 para o próximo dia 27 o prazo para inscrições de policiais militares da reserva interessados em trabalhar nas extensões do Colégio Tiradentes em Ariquemes, Ji-Paraná, Porto Velho e Vilhena. O prazo tinha acabado dia 13. A lei que cria as extensões foi aprovada no dia 22 de maio.

A convocação para prestação desse serviço terá a duração máxima de dois anos, com prorrogação por igual período. O período de convocação será de 12 de julho próximo a 12 de julho de 2019.

Em maio passado, o governador Confúcio Moura assinou o Decreto nº 21.968, autorizando a extensão do Colégio Tiradentes para as escolas Estaduais Francisco Alves Mendes Filho, de Ariquemes; Júlio Guerra, de Ji-Paraná; e Zilda da Frota Uchôa, de Vilhena, concedendo às suas direções prazo  de até 60 dias para adaptarem suas estruturas organizacionais e administrativas à Secretaria Estadual de Educação e ao Comando Geral da PM. Em Porto Velho, a Escola Estadual Capitão Claudio receberá a extensão.

Em cada um dos novos colégios estão abertas 16 vagas para militares do Corpo Voluntário de Militares da Reserva Remunerada. De acordo com o novo edital, as análises das inscrições dos candidatos serão feitas entre os dias 27 e 29.

O ingresso de ex-servidores militares nessas escolas também tem o aval do secretário de Segurança, Defesa e Cidadania, coronel Lioberto Caetano.

Os candidatos deverão  ser voluntários para eventual convocação;  ser Praça PM da Reserva Remunerada da PM-RO; ter idade limite de 58 anos para reforma; não ter condenação criminal transitada em julgado; e não integrar atualmente o Corpo de Voluntários da corporação.

Na aceitação de títulos, a PM irá considerar pontuação negativa quaisquer punições disciplinares [repreensão, detenção e/ou prisão constantes da ficha individual atualizada do Sistema Integrado Polícia Militar-PMRO (Sigespom), autenticada por oficial PM [chefe da divisão ou seção administrativa).

Títulos encaminhados via fax e/ou via e-mail, ou entregue fora do prazo, não serão aceitos.

Fonte: Secom. Texto: Montezuma Cruz

comentários

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade

3D Store - O estilo que você precisa!

Publicidade

ASSFAPOM - Associação dos Praças e Familiares da Polícia e Bombeiro Militar do Estado de Rondônia

Publicidade

Home Help Reparos e Soluções!

Publicidade

Aggio Climatização

Mais em Rondônia