Siga
Grupo KES - Curso de Formação de Bombeiro Civil


Trilhando a História

A História de Vila Bela



Alunos do Colégio Objetivo na Ruínas da Igreja de Vila Bela

A vida é cheia de aventuras quando você corre atrás. Nessa busca de uma aventura os estudantes do Colégio Objetivo junto com a equipe do Trilhando a História, partiram mais uma vez a uma localidade histórica e rica em belezas naturais. É assim Vila Bela da Santíssima Trindade no Estado do Mato Grosso, região de beleza exuberante onde existe uma infinidade de atrativos, riachos, montanhas, grutas, trilhas e cachoeiras, a hospitalidade dos habitantes e sua culinária tradicional, somadas a diversidade cultural é a receita para receber os visitantes.

Logo que chegamos partimos para uma grande trilha até a Cachoeira dos Namorados, de 76 metros de altura é um passeio esquecível. A trilha segura e sem nenhum grau de dificuldade, serpenteia pela mata, acompanhando o riacho que se forma a parti do lago de águas cristalinas ao pé da queda d’água, ótimo para um mergulho refrescante. Por trás da cortina de água há um grande salão cavado na rocha que permite a contemplação da cascata de um ângulo inusitado.
Depois os aventureiros puderam conhecer um pouco da história da ocupação de Vila Bela , quando chegamos até as ruínas da antiga Igreja construída em 1769. Os irmãos Fernando e Artur Paes de Barros foram os descobridores das Minas do Mato Grosso, nas margens do Rio Galera, no Vale do Guaporé.
Nessa expedição se depararam com uma mata grossa, fechada, com altas árvores, quase impenetrável, que se estendia por quase sete léguas. Denominaram-na de Mato Grosso. Posteriormente, em 1746, através de Carta Régia, D. João V determinou a fundação de uma vila nessa região, para servir de ponto de apoio administrativo e militar aos vários pequenos garimpos pulverizados por todo o Vale do Guaporé.
Com a criação da Capitania de Mato Grosso por Carta Régia de 7 de maio de 1748, a nomeação do primeiro Capitão General, D. Antônio Rolim de Moura, para consolidar a posse portuguesa no Vale do Guaporé, este governante recém nomeado fundou Villa Bela da Santíssima Trindade a 19 de março de 1752.
O nome do local onde foi fundada a vila, nas margens do Rio Guaporé era Pouso Alegre, no ponto mais ocidental possível do então reino português, escolhido como sede da Capitania pelas condições propícias de terreno, solo e possibilidades de defesa.
A escolha do nome provinha do costume da época colonial de designar por Villa a sede municipal e expressão de admiração pelo lugar – bela.
Foi a primeira sede da Capitania de Mato Grosso. Com o passar dos tempos, Vila Bela da Santíssima Trindade, ao perder a condição de capital para Cuiabá, passou a chamar-se Mato Grosso. A decadência da cidade Matto Grosso foi tão sensível, que a Assembléia Legislativa editou, em 1878, uma lei extinguindo o município, que foi, no entanto, vetada a 11 de dezembro do mesmo ano, pelo presidente da Província dr. João José Pedrosa. A Lei Estadual nº 4.014, de 29 de novembro de 1978, devolveu a denominação antiga ao município: Vila Bela da Santíssima Trindade.

O Trilhando a História vai ao ar todas as terças no canal 17 na Rede TV Rondônia no programa Fala Rondônia ao meio dia em rede estadual e em horários alternativos nos canais 20 e 25 (13h).
Os programas ficam a disposição no site WWW.amazoniavideo.com

comentários

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade

3D Store - O estilo que você precisa!


Deputado Jesuíno Boabaid

Publicidade

ASSFAPOM - Associação dos Praças e Familiares da Polícia e Bombeiro Militar do Estado de Rondônia

Publicidade

Home Help Reparos e Soluções!

Publicidade

Aggio Climatização

Mais em Trilhando a História