Siga
Grupo KES - Curso de Formação de Bombeiro Civil


Trilhando a História

O Primeiro Prefeito de Porto Velho

Major Guapindaia, primeiro prefeito de Porto Velho. De 1915 à 17
Era o Major Fernando Guapindaia de Souza Brejense filho de Domingos Ferreira de Souza e de Da. Adélia Ferreira de Souza, e nasceu na cidade de Brejo, Estado do Maranhão, no dia 27 de outubro de 1873. Fez seus estudos em Escolas Públicas na capital do Estado do Maranhão. Verificou praça no Exército no Corpo de Engenheiros em São Luiz, de onde seguiu para o Rio de Janeiro.
Casou-se em São Luiz no dia 8 de novembro de 1889 com Luiza Teive, de cujo consórcio nasceram dois filhos: Teivelinda e Teivelindo. Major Guapindaia chegou a Manaus em 1911, servia ao 48° Batalhão de Engenharia que deu cobertura aos trabalhos da Comissão Rondon no estendimento da linha telegráfica do Mato Grosso ao Amazonas. Ele chega a Porto Velho em 24 de dezembro de 1914, e logo que terminou seu mandato em 31 de dezembro de 1916, nos primeiros dias de janeiro de 1917 retirou-se de Porto Velho indo residir no Maranhão, onde foi eleito Prefeito do Município de São Felipe, daquele Estado. Sua gestão como prefeito por lá, terminou em 1922 e o mesmo faleceu no dia 18 de novembro de 1929, em São Luiz, onde está sepultado.
Governador do Amazonas Jonatas Pedrosa
Major Guapindaia foi nomeado prefeito para Porto Velho pelo Governador do Amazonas Jonatas Pedrosa. O primeiro prefeito muito pouco conseguiu realizar em dois anos de governo. Os primeiros meses de administração serviram para dirimência das dúvidas com os munícipes, na sua maior parte portugueses que chegaram ao ponto de se revoltarem e desafiarem a autoridade do Superitendente por conta de cobranças de impostos, tendo este usado prodigamente o poder de policia que naquele tempo variava entre acorrentamento e exposição ao sol até o espancamento com o chamado “umbigo de boi”.
Nota-se, através da leitura dos jornais da época o que Major Guapindaia não contou com a simpatia do público de Porto Velho de 1915. O “Alto Madeira”, jornal que se editava em Porto Velho, nem ao menos fez qualquer referencia ao seu nome, quando em 1917, Guapindaia deixou a direção da cidade. Pessoas que o conheceram informaram que o Superintendente Guapindaia era conhecido por ser intransigente, muito grosseiro e pouco sociável.

Aleks Palitot
Historiador

comentários

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade

3D Store - O estilo que você precisa!

Publicidade

ASSFAPOM - Associação dos Praças e Familiares da Polícia e Bombeiro Militar do Estado de Rondônia

Publicidade

Home Help Reparos e Soluções!

Publicidade

Aggio Climatização

Mais em Trilhando a História