Siga
Conheça 10 cidades brasileiras para visitar durante o inverno
Arquivo/Agência Brasil

Brasil

Conheça 10 cidades brasileiras para visitar durante o inverno

Cidades são conhecidas pelas belezas naturais, pela culinária e pelos eventos específicos que ocorrem durante a estação mais fria do ano

Embora famoso pelas belas praias e altas temperaturas, o Brasil também oferece destinos turísticos para aqueles que querem aproveitar o período de clima mais frio no País.

Com a chegada do inverno e as temperaturas caindo, algumas cidades brasileiras ficam ainda mais charmosas e propícias a belos passeios.

Confira abaixo dez cidades famosas pelo clima frio e aproveite para conhecê-las neste inverno.

Campos do Jordão (SP)

A 1.628 metros de altitude, a cidade de Campos do Jordão (SP) é uma das favoritas dos turistas brasileiros durante o inverno. Além da arquitetura charmosa, que lembra cidades europeias, vários eventos animam o município e atraem visitantes durante a estação.

O mais famoso deles é Festival Internacional de Inverno de Campos do Jordão, o maior de música clássica do País. A 48ª edição ocorrerá de 1 a 30 de julho, com mais de 80 concertos. Para conferir mais detalhes sobre a atração, basta acessar o site http://www.festivalcamposdojordao.org.br.

Para os fãs de chocolate, a cidade tem fábricas e chocolaterias especializadas em tipos, sabores e derivados como fondue, chocolate quente, geleias, licores e souvenires.

Campos do Jordão 2

Curitiba (PR)

Curitiba se destaca pela beleza natural. A cidade tem uma linha de ônibus que circula pelos principais pontos turísticos da cidade. Só nesse trajeto é possível conhecer quatro parques, dois bosques e um dos locais mais famosos e procurados por turistas: o Jardim Botânico. Inaugurado em 1991, o local foi criado com base nos jardins franceses e tem um tapete de flores logo na entrada. Outra atração é a estufa, com estrutura metálica e de vidro, que abriga espécies botânicas da Floresta Atlântica.

A capital paranaense tem outros pontos históricos como o Paço da Liberdade. Inaugurado em 24 de fevereiro de 1916, já foi sede da antiga prefeitura da cidade e tem uma estrutura com ricos detalhes neoclássicos e desenhos da técnica Art Nouveau. O monumento é o único do Paraná tombado pelo Instituto Histórico e Artístico Nacional (Iphan).

Curitiba

Gramado (RS)

Gramado é outra cidade da região Sul do País que atrai visitantes pelas baixas temperaturas e pela arquitetura com estilo europeu. Lá podem ocorrer geadas e, inclusive, neve, o que é pouco comum no Brasil.

O clima e os atrativos da gastronomia são a combinação perfeita para os visitantes. Fondue, vinho, chocolate caseiro e o café colonial são típicos na cidade, que tem até um espaço temático de chocolate, o Reino do Chocolate.

Na Rua Coberta, estão os principais bares, restaurantes e, claro, o movimentado comércio. Durante todo o mês de julho, ocorre a Estação Gramado, evento que oferece diversas atrações na Praça das Etnias e na própria Rua Coberta.

Gramado

Canela (RS)

A apenas nove quilômetros de Gramado, na cidade de Canela, os visitantes podem praticar o ecoturismo e visitar parques temáticos como o do Caracol, que impressiona pela imensidão da vista de uma queda d’água com 131 metros de altura, em meio a montanhas cobertas pela neblina.

Quem estiver acompanhado de crianças pode levá-las para um passeio histórico no parque que reconta a revolução industrial e como o Brasil funcionava com as máquinas a vapor.

Os turistas que estão em Canela no mês de julho também podem aproveitar para conferir as atrações da Festa Colonial. O evento reúne as culturas e gastronomias alemã e italiana do produtor rural do município. Na festa, são montados estandes com comida típica, como assados de carne, variedades de massas e produtos coloniais (salames, queijos, biscoitos, pães e cucas), assados em fornos artesanais.

Canela

Petrópolis (RJ)

Desde os tempos do Imperador D. Pedro II, Petrópolis é destino para quem quer aproveitar o frio. Durante a segunda metade do séc. XIX, a família real e os nobres brasileiros deixavam o calor do Rio de Janeiro em direção às mansões em Petrópolis. Entre as principais atrações da cidade estão o Museu Imperial e a casa de Santos Dumont.

Na catedral São Pedro de Alcântara estão os restos mortais de D. Pedro II, da Imperatriz Tereza Cristina, da Princesa Isabel e de seu marido, o Conde D’Eu. A cidade oferece ainda a arquitetura preservada do Centro Histórico e opções de turismo de natureza e restaurantes com gastronomia sofisticada.




Petrópolis

Teresópolis (RJ)

Teresópolis integra a Rota Cervejeira do Rio de Janeiro. A cidade também é muito visitada por abrigar uma das áreas mais bonitas do Parque Nacional Serra dos Órgãos. O Pico do Dedo de Deus (1.692 m) é o cartão postal de Teresópolis, entrada principal do parque. No local há diversas trilhas, sendo a mais famosa a travessia Teresópolis – Petrópolis (42 km), que leva três dias de caminhada. O Mirante do Soberbo, na BR-116, tem vista deslumbrante.

Já os adeptos da escalada, entre muitas opções, chegam até o ponto mais alto da Serra do Mar, a Pedra do Sino, com 2.200 metros. A cidade também tem atrativos históricos como a Igreja de Santo Antônio, o Palácio Teresa Cristina (Prefeitura) e o Palacete Granado. Já a Granja Comary é sede dos treinos da Seleção Brasileira de Futebol.

Teresópolis

Domingos Martins (ES)

A cidade fica em uma região serrana, onde as temperaturas giram em torno de 12 graus e a neblina toma conta da cidade. No inverno, essas temperaturas tendem a diminuir mais ainda e combinar com o charme da arquitetura local e o passeio de trem.

O Festival de Inverno de Música Erudita e Popular, maior evento de música clássica do Estado, realizado em julho, embala os turistas que estiverem na cidade nessa época do ano.

Domingos Martins

Santo Antônio do Pinhal (SP)

Santo Antônio do Pinhal tem temperaturas mais frias o ano todo. A cidade está a 1.080 metros de altitude e é considerada um dos 15 municípios paulistas de estâncias climáticas.

No inverno, frentes frias fazem os termômetros marcarem até 6 graus, além de formarem geada que embelezam a paisagem da cidade. O clima das montanhas permite ao turista escolher entre relaxar ou aproveitar uma aventura. Do Pico Agudo, é possível apreciar vista panorâmica da Serra da Mantiqueira ou praticar voo livre.

Santo Antônio do Pinhal

Guaramiranga (CE)

A menor cidade do Ceará é fria. Considerada a “suíça cearense”,  Guaramiranga mantém temperaturas de 12 graus durante inverno. O município é conhecido pela variedade de flores e pela preservação ambiental, além das características históricas percebidas em suas construções.

Há, por exemplo, uma pousada que já foi mosteiro e pode ser visitada por quem não está hospedado. Os cantos gregorianos são tradição, entoados nas manhãs do antigo prédio religioso.

Guaramiranga

Monte Verde (MG)

Situada no Alto da Serra da Mantiqueira, a vila de Monte Verde oferece uma paisagem exuberante, friozinho propício para um jantar romântico e ruas tranquilas para um passeio de mãos dadas. O turista também pode visitar o orquidário, a galeria de arte, e passear a cavalo pelas ruas da cidade.

Monte Verde tem construções em estilo alpino atraindo diversos turistas durante o período de inverno. Além de aproveitar a baixa temperatura do roteiro, é possível fazer passeios de tirolesa, a cavalo e provar os tradicionais doces e queijo de Minas Gerais.

Monte Verde

Fonte: Portal Brasil, com informações do Ministério do Turismo 

Publicidade

ASSFAPOM - Associação dos Praças e Familiares da Polícia e Bombeiro Militar do Estado de Rondônia

Publicidade

Conveniência Liberdade em Porto Velho

Publicidade

Gurjão Santiago Kikuchi Advogados Associados

Publicidade

BOCA ROSA – Curso de Maquiagem PROFISSIONAL

Publicidade

3D Store - O estilo que você precisa!

Publicidade

O tal do Espetinho

Publicidade

Aggio Climatização