Siga
Claudia Rodrigues é internada com urgência e estado de saúde não é bom

Brasil

Claudia Rodrigues é internada com urgência e estado de saúde não é bom

A humorista Claudia Rodrigues foi internada com urgência no Hospital Albert Einstein, em São Paulo. Aos 46 anos, ela está em tratamento intenso contra as sequelas causadas pela esclerose múltipla.

De acordo com o Extra, a empresária da atriz, Adriane Bonato, garantiu que o estado de saúde dela é ruim. Claudia precisou ser levada ao hospital na última quinta-feira (16/11) após ter um surto da doença. Ela já estava internada em uma clínica no interior de São Paulo e teria começado novas terapias na tentativa de se curar.

A previsão de alta era dezembro, mas uma reação não esperada aos medicamentos teria piorado seu estado de saúde. Ela estava sendo tratada com um processo de reabilitação de células vindas da Itália conhecido como Reac. A tecnologia é recente e a nova aposta da medicina para tratar a esclerose.

Células-tronco

Diagnosticada com esclerose múltipla em 2000, a atriz Claudia Rodrigues apresentou melhora no quadro de saúde após realizar um procedimento de transplante de células-tronco.Em entrevista ao “Domingo Espetacular”, da Record, no ano passado, a atriz mostrou os resultados dos exames que atestavan sua evolução no tratamento da doença.

O tratamento com células-tronco feito por Claudia Rodrigues auxiliou na diminuição de seu Índice de Incapacidade, que caiu de pontuação 6 para 5. O índice, que vai de 0 a 10 (sendo 0 o melhor e 10, o pior), mede a gravidade das sequelas da esclerose.

Famosa por personagens como Marinete, de “A Diarista”, e Sirene, em “Sai de Baixo”, Claudia está afastada da televisão desde 2012. Seu último trabalho foi no humorístico “Zorra Total“.

A esclerose múltipla é uma doença degenerativa que atinge o sistema nervoso, causando sintomas muito diversos, decorridos dos problemas de comunicação entre o cérebro e o corpo. Fortes dores, fadiga e comprometimento da coordenação motora são os sintomas mais comuns. Apesar de não ter cura, tratamentos auxiliam na recuperação das funções debilitadas pela doença.

Fonte: Metropoles

Publicidade

ASSFAPOM - Associação dos Praças e Familiares da Polícia e Bombeiro Militar do Estado de Rondônia

Publicidade

Conveniência Liberdade em Porto Velho

Publicidade

Mega Frio Climatização

Publicidade

Gurjão Santiago Kikuchi Advogados Associados

Publicidade

BOCA ROSA – Curso de Maquiagem PROFISSIONAL

Publicidade

3D Store - O estilo que você precisa!

Publicidade