Siga
PORTO MADEIRO - Prefeitura orienta sobre vida em comunidade e projetos sociais
Foto: Comdecom

Cidade

PORTO MADEIRO – Prefeitura orienta sobre vida em comunidade e projetos sociais

Para prefeito dr Hildon Chaves todos empreendimentos habitacionais devem funcionar adequadamente

Técnicos da prefeitura de Porto Velho se reuniram com representantes das 144 famílias que moram no empreendimento social Porto Madeiro IV, do Programa Minha Casa, Minha Vida, na noite de quinta-feira (20). O encontro organizado pela Secretaria Municipal de Regularização Fundiária e Habitação (Semur), por meio do Departamento de Projetos Sociais, serviu para orientar sobre como melhorar a convivência em comunidade e a respeito de projetos sociais que a gestão municipal vai implantar.

Foram abordados assuntos como responsabilidades contratuais, pagamento da taxa de condomínio, IPTU, água e luz, responsabilidade do sídico, atualização do Cadastro Único, tarifas sociais, e acompanhamento sobre os serviços públicos, a exemplo de saúde e educação, dentre outros. Muitas perguntas foram feitas e a equipe da Semur esclareceu dúvidas e prestou todas orientações necessárias aos moradores.

Sobre os projetos a serem implantados, a diretora do Departamento de Projetos Sociais da Semur, Janeide Muniz Lobato disse que sua equipe vai atender grupos de crianças, jovens, adultos, idosos e adolescentes. “Nosso objetivo é trabalhar com vários grupos. Vamos empoderar a comunidade para que possa ir em busca de seus direitos, mas também cumprir os seus deveres”, informou.

Essas orientações são necessárias, segundo Janeide, porque muitas dessas famílias moravam em áreas de risco onde não pagavam energia, água, IPTU ou qualquer outra taxa. Agora a situação está bem melhor, mas há necessidade de cumprir com suas obrigações para que melhore ainda mais. “Com a ajuda da prefeitura as famílias vão se habituar a nova realidade, ter sentimento de pertencimento e compreender que a comunidade deles é essa, que precisam se unir, se fortalecer para fazer com que os serviços cheguem até aqui e que convivam em harmonia”, completou.

A determinação do prefeito dr Hildon Chaves é para que todos os empreendimentos sociais estejam funcionando bem, que sejam regularizados e que as pessoas estejam convivendo em harmonia. Ele deixou isso bem claro para a secretária Márcia Luna (Semur), que por sua vez repassou tais orientações ao Departamento de Projetos Sociais.

Das 144 famílias que moram no Porto Madeiro IV, 50% foi retirada das regiões de risco, onde passavam por constantes alagações devido a cheia do Rio Madeira e foram cadastradas pela prefeitura. As demais são oriundas da chamada “demanda aberta”, aquelas que se inscreveram espontaneamente em busca da casa própria.

Cada apartamento é composto de dois quartos, sala conjugada com cozinha, varanda e áreas de uso comum ou áreas de serviços, espaço para as crianças no pátio interno e garagem. “Essas unidades têm o mesmo padrão de qualquer condomínio de porte médio”, explicou Janeide Muniz.

Serão desenvolvidos projetos com os moradores, como oficinas sobre educação ambiental, sanitária e patrimonial; planejamento e gestão do orçamento familiar; arteterapia para idosos e pessoas com deficiência; temáticas para jovens; treinamento para manuseio de extintores de incêndio; técnicas de primeiros socorros e apoio à capacitação profissional de geração de trabalho e renda (cursos).

Fonte: Comdecom

Publicidade

ASSFAPOM - Associação dos Praças e Familiares da Polícia e Bombeiro Militar do Estado de Rondônia

Publicidade

Conveniência Liberdade em Porto Velho

Publicidade

Gurjão Santiago Kikuchi Advogados Associados

Mil Contabilidade

Publicidade

BOCA ROSA – Curso de Maquiagem PROFISSIONAL

Publicidade

3D Store - O estilo que você precisa!

Publicidade