Siga

Mais em Educação

foto: Ilustrativa

Educação

GREVE – Professores contrariam decisão da Justiça e mantem paralisação

              

Mesmo após determinação da Justiça de Rondônia em aplicar uma severa multa por cada dia letivo não realizado nas instituições de ensino do estado, os profissionais da educação em conjunto com o sindicato, SINTERO, decidiram nesta segunda-feira (19), manter a paralisação, que dura mais de 15 dias.

Os trabalhadores cobram do governo o processo de aposentadorias dos servidores e o cumprimento do Plano Estadual de Educação, criando um piso salarial para os técnicos educacionais com valor de 60% do salário dos professores. O movimento se manteve, após assembleias que foram realizadas em Porto Velho e cidades do interior.

Nos últimos dias a classe se reuniu com membros do governo, comissão de deputados estaduais, porém o executivo ainda não apresentou nenhuma forma de aceitar as propostas e por um fim na paralisação.

Na capital rondoniense quase todas as escolas públicas estaduais estão sem aula e de acordo com especialistas, se o movimento persistir, os alunos da rede pública poderão ficar com o período de recesso totalmente comprometido.

Fonte: JH Notícias

              

Publicidade

ASSFAPOM - Associação dos Praças e Familiares da Polícia e Bombeiro Militar do Estado de Rondônia

Publicidade

SINPEF-RO - Sindicato dos Policiais Federais do Estado de Rondônia

Publicidade

Sinsepol - Sindicato dos Servidores da Polícia Civil de Rondônia.

Publicidade

Associação Beneficente Zequinha Araújo

Publicidade

Samremo Pizzaria

Publicidade

Gurjão Santiago Kikuchi Advogados Associados

Mil Contabilidade

Publicidade

3D Store - O estilo que você precisa!

Advertisement