Notícias de Esporte

Com goleiro Bruno, jornal escala a seleção mais perigosa fora de campo


Com goleiro Bruno, jornal escala a seleção mais perigosa fora de campo
Bruno Souza, former goalkeeper of Brazil's Flamengo soccer club, wipes his eye during his trial in Contagem, near Belo Horizonte, March 4, 2013. Souza is on trial on charges of the murder of his ex-girlfriend Eliza Samudio, who disappeared in 2010, a few months after giving birth to what Samudio said is Souza's child. REUTERS/Pedro Vilela (BRAZIL - Tags: SPORT SOCCER CRIME LAW TPX IMAGES OF THE DAY) - RTR3EKLZ

O jornal espanhol “Marca” montou nesta quarta-feira (21) uma seleção com os jogadores “mais perigosos” fora das quatro linhas. Entre os 11 nomes escolhidos, estão três brasileiros: o goleiro Bruno, ex-Flamengo, o zagueiro Breno, que hoje está no Vasco, e o atacante Robinho, que está no futebol turco.

Bruno foi condenado a prisão pela morte da ex-amante Eliza Samúdio, Breno foi condenado a três anos e nove meses de prisão por ter colocado fogo na própria casa, quando jogava na Alemanha, e Robinho foi condenado a 9 anos de prisão na Itália por violência sexual.

Veja como ficou o “time”:

1 – Bruno: condenado a 22 anos de prisão pela morte de Eliza Samudio.

2 – Serge Aurier: atualmente no Tottenham, ele chegou a ser condenado a dois meses por bater em um policial na saída de uma boate.

3 – Rubén Semedo: o zagueiro do Villarreal foi preso de forma preventiv ano fim do ano passado por seis crimes na Espanha, entre eles tentativa de homicídio, sequestro, lesão corporal e porte ilegal de arma.

4 – Breno: atualmente no Vasco, ele tentou colocado fogo na própria casa, quando ainda era jogador do Bayern München.

5 – Alexis Zárate: o lateral argentino foi condenado a seis anos e seis meses de prisão na terra natal por violação. O atleta aguarda o julgamento em liberdade.

6 – Adam Johnson: o meia inglês ex-Manchester City, foi condenado a seis meses de prisão, em 2015, por relações sexuais com uma menor de idade. Abandonou a carreira para cumprir a pena.

7 – Joey Barton: O inglês foi condenado a seis anos de prisão por agredir um rapaz em uma briga. Ficou preso por 74 dias.

8 – Yordan Letchkov: um dos principais nomes do futebol búlgaro nos anos 1990, ele foi condenado a dois anos de prisão por abuso de poder na cidade de Sliven, quando já aposentado do futebol e atuante na política.

9 – Ricardo Centurión: o jogador do Racing foi acusado por subornar um agente policial, que o parou após o jogador avançar em alta velocidade um sinal vermelho, na Argentina.

10 – Michele Padovano: o atacante italiano foi campeão da Champions League da temporada 1995/96 com a Juventus, e também condenado a oito anos e oito meses de prisão por envolvimento com o tráfico de drogas.

11 – Robinho: condenado a nove anos de prisão por violência sexual em uma discoteca de Milão.

Fonte: Noticias ao Minuto

 




MAIS NOTÍCIAS DE Esporte