Siga
Comissão discute situação de confederações de taekwondo e de tiro

Esporte

Comissão discute situação de confederações de taekwondo e de tiro

A atual situação das confederações de taekwondo e de tiro esportivo será analisada nesta quarta-feira (17) pela Comissão do Esporte.

A audiência foi proposta pelos deputados Roberto Góes (PDT-AP), Fábio Mitidieri (PSD-SE), Professora Dorinha Seabra Rezende (DEM-TO), Marcelo Matos (PHS-RJ) e João Derly (Rede-RS).

Irregularidades

Em agosto de 2016, a Polícia Federal deflagrou a Operação Nemeus para desarticular uma quadrilha responsável por fraudes em licitações e desvio de recursos públicos cedidos pelo Ministério do Esporte a diversas confederações esportivas.

“Como consequência dessas ações, a Confederação Brasileira de Taekwondo sofreu intervenção judicial e realizou novas eleições no final de abril”, afirma o deputado Roberto Góes, acrescentando que a Confederação Brasileira de Tiro Esportivo também elegeu novo presidente no final de abril.

“Estimam-se desvios em contratos de mais de R$ 20 milhões. Essas suspeitas põem em xeque o esforço público em capacitar os atletas”, lamenta Fábio Mitidieri.

Os presidentes das duas confederações, Alberto Maciel Cavalcante Junior (Confederação Brasileira de Taekwondo) e Durval Balen (Confederação Brasileira de Tiro Esportivo), foram convidados para expor a atual situação de suas entidades.

A audiência será realizada no plenário 4 a partir das 15 horas.

Publicidade

ASSFAPOM - Associação dos Praças e Familiares da Polícia e Bombeiro Militar do Estado de Rondônia

Publicidade

Conveniência Liberdade em Porto Velho

Publicidade

Gurjão Santiago Kikuchi Advogados Associados

Mil Contabilidade

Publicidade

BOCA ROSA – Curso de Maquiagem PROFISSIONAL

Publicidade

3D Store - O estilo que você precisa!

Publicidade