Notícias de Esporte

Globo faz proposta de parceria para Band e RedeTV!, mas emissoras rejeitam

As empresas e emissoras interessadas terão até o dia 11 de junho para entrar em contato com a Globo para garantir as imagens, mas terão de se virar para deixar o público bem informado utilizando um material limitado e dentro das regras estabelecidas.


Globo faz proposta de parceria para Band e RedeTV!, mas emissoras rejeitam

Rejeitar uma parceria comercial com a Globo, o maior canal de TV do país, não é algo muito comum de se ver na televisão brasileira. Exceto, no entanto, se a tal parceria envolver altos valores, como a proposta que o canal fez recentemente a Band e RedeTV!, de acordo com o UOL Esporte.

É que o canal queria um parceiro para a transmissão do Campeonato Brasileiro série A, que há três anos vem sendo exibido na TV aberta com exclusividade pela emissora. Mesmo com a alta audiência que o monopólio traz, para o canal seria mais vantajoso investir em uma parceria.

Segundo a publicação, antes do início do torneio, que aconteceu neste sábado (14), a Globo conversou informalmente com os dois canais a fim de saber se existia alguma chance da parceria que existiu por anos com a Band voltar a se repetir.

Os canais rapidamente responderam que a questão financeira impedia que a transmissão em conjunto com a Globo fosse viável no momento. Além do mais, a Globo insiste para que a emissora parceira transmita o mesmo jogo que é exibido na platinada, o que é visto como injusto pelos canais.

GLOBO IMPÕE NOVAS REGRAS SOBRE IMAGENS DA COPA

A Globo conquistou mais uma vez os direitos de transmissão no Brasil para a Copa do Mundo, que voltará a ser realizada este ano, na Rússia. E os outros canais do país que não garantiram o direito de transmitir os jogos, terão de seguir exatamente as condições impostas pela emissora carioca para utilização de imagens das partidas.

De acordo com a colunista Keila Jimenez, a Globo divulgou recentemente algumas regras que deverão ser cumpridas pelos outros canais que não têm os direitos do mundial, mas que desejam exibir imagens dos jogos em programas de debate e jornalísticos. Essas condições, no entanto, vêm gerando revolta entre os concorrentes.

Para início de conversa, a Globo só permitirá a exibição das imagens nos outros canais duas horas após o fim de cada partida. Isso prejudicará emissoras como a ESPN, que costuma realizar debates logo após os jogos, mas agora não poderá utilizar as imagens de imediato para ilustrar as análises de seus comentaristas. Nesse caso, o público dos canais terá de se contentar com os debates sem imagens, VTs antigos ou fotos compradas de agências.

A Globo também determinou que os canais só deverão exibir 2 minutos e 45 minutos de cada partida. Em caso de cerimônias, o tempo será de apenas 1 minuto. As imagens só poderão ir ao ar dentro do prazo de 48 horas a partir da liberação. Após isso, os canais serão obrigados a encerrar a exibição na TV e remover o material de websites.

As empresas e emissoras interessadas terão até o dia 11 de junho para entrar em contato com a Globo para garantir as imagens, mas terão de se virar para deixar o público bem informado utilizando um material limitado e dentro das regras estabelecidas.

Fonte: TV o Foco




MAIS NOTÍCIAS DE Esporte