Siga
Título da Champions pode fazer Cristiano Ronaldo alcançar Messi. Final contra Juve é sábado

Esporte

Título da Champions pode fazer Cristiano Ronaldo alcançar Messi. Final contra Juve é sábado

Craque português tem apenas um prêmio a menos de melhor do mundo do que o argentino

Nunca pensei ganhar três vezes essa bolinha, mas espero não parar por aqui. Espero alcançar o Messi já na próxima temporada”. Assim Cristiano Ronaldo comemorou o prêmio de melhor jogador do mundo/Bola de Ouro em 2014 – na ocasião, vencia pela terceira vez, e o empate foi adiado nas últimas duas temporadas pelas conquistas alternadas de cada um desde então. Deixou claro que seu objetivo era igualar o craque argentino do Barcelona na disputa para ser o melhor do planeta, algo que pode ficar bem perto de acontecer se vencer a Liga dos Campeões contra a Juventus no próximo dia 3 de junho, no País de Gales. O GloboEsporte.com e a TV Globo transmitem a decisão ao vivo às 15h45 (de Brasília), com pré-jogo no site a partir das 13h.

Desde 2008, Cristiano Ronaldo e Messi dominam as principais premiações individuais do futebol. A Bola de Ouro se unificou ao prêmio de melhor da Fifa em uma parceria entre 2010 e 2015, voltando no ano passado a ser uma premiação separada. O prêmio Fifa The Best, inclusive, passará a ser organizado por temporada, e não mais anualmente. Portanto, até hoje o argentino foi eleito o melhor do mundo em cinco ocasiões (2009, 2010, 2011, 2012 e 2015), enquanto o português levou em 2008, 2013, 2014 e 2016. Se levarmos em consideração a Bola de Ouro separada da honraria da Fifa, CR7 tem duas (2008 e 2016), contra apenas uma de Leo (2009).

Título da Champions pode fazer Cristiano Ronaldo alcançar Messi. Final contra Juve é sábado

Números de Cristiano Ronaldo e Messi em 2016/17 (Foto: Infoesporte)

A conquista da Liga dos Campeões é tratada como decisiva para a escolha do melhor jogador do mundo. Na disputa pessoal entre Messi e Cristiano Ronaldo, esses números ficam ainda mais claros. Com o Barça, o argentino foi campeão em 2005/06, 2008/09, 2010/11 e 2014/15. CR7 pode igualar o número de conquistas nesta temporada. Já levou em 2007/08 (pelo Manchester United), e 2013/14 e 2015/16 com o Real Madrid.

Se o título da Champions League pode ser o combustível decisivo para os prêmios da Bola de Ouro e Fifa The Best, Cristiano Ronaldo também conta com outros títulos de expressão nesta temporada. Ganhou o Campeonato Espanhol e o Mundial de Clubes com o Real Madrid, ainda está convocado para a seleção portuguesa que disputará a Copa das Confederações. Além disso, pode conquistar por duas vezes seguidas a Champions, algo inédito desde que o formato da competição mudou em 1993.

Messi x Cristiano Ronaldo: alguns recordes

Messi é único jogador na história a marcar 40 gols em oito temporadas consecutivas. Tem o recorde de gols em um ano (91 gols, em 2012). É o único que marcou 60 gols em duas temporadas consecutivas (2011/12, 2012/13). Jogador que alcançou mais rápido 300 gols nas cinco principais ligas da Europa (precisou de 334 jogos). É o único a ser artilheiro da Champions League em quatro temporadas consecutivas.

Cristiano Ronaldo é primeiro jogador a alcançar 40 gols em uma liga profissional em duas temporadas consecutivas. É o único jogador a marcar 60 ou mais gols em quatro anos seguidos (2011 até 2014). Único a marcar 50 gols em seis temporadas consecutivas. Maior artilheiro entre as cinco principais ligas da Europa (372 gols). É o primeiro jogador a alcançar 100 gols na Champions League. E o primeiro jogador a alcançar 100 gols em competições europeias.

CR7: mudança necessária em campo

Com 32 anos, Cristiano Ronaldo sofreu com alguns problemas físicos nesta temporada. Na final da Eurocopa de 2016, deixou o gramado ainda no primeiro tempo com uma lesão no joelho. Assistiu do banco ao título inédito de Portugal. Por conta do problema, perdeu parte da pré-temporada do Real Madrid, além das duas primeiras rodadas do Campeonato Espanhol.

O retorno aos gramados aconteceu na terceira rodada do Espanhol, na vitória por 5 a 2 sobre o Osasuna. CR7 marcou uma vez neste jogo. Ao longo da temporada, lesão muscular e desgaste. Em acordo com o técnico Zidane, ele passou a ser poupado de alguns jogos. A ideia era preservá-lo ao máximo para os duelos mais importantes e a reta final da temporada. Além de ficar fora de alguns compromissos, Cristiano também está em fase de transição com seu posicionamento em campo.

Sempre atuou pelo lado esquerdo, com velocidade e explosão nas jogadas. Aos 32 anos, vem jogando mais centralizado em diversas ocasiões, mais perto da área. Por conta disso, Zidane faz algumas mudanças na equipe para beneficiar o português. Com Bale lesionado, Isco ganhou a vaga e está dando conta do recado. Benzema já saiu mais da área, caindo pela esquerda.

Também há a opção pelas entradas de Marco Asensio ou Lucas Vázquez, que podem fazer os lados do campo com Isco ou Benzema, liberando Cristiano Ronaldo para jogar centralizado e sem a necessidade de recompor na marcação e se desgastar ainda mais.

Fonte: Globo Esporte

Publicidade

ASSFAPOM - Associação dos Praças e Familiares da Polícia e Bombeiro Militar do Estado de Rondônia

Publicidade

Conveniência Liberdade em Porto Velho

Publicidade

Gurjão Santiago Kikuchi Advogados Associados

Mil Contabilidade

Publicidade

BOCA ROSA – Curso de Maquiagem PROFISSIONAL

Publicidade

3D Store - O estilo que você precisa!

Publicidade