Siga
Os 20 países mais violentos para mulheres
Foto: Radu Sigheti/Reuters

Mundo

Os 20 países mais violentos para mulheres

Violência contra a mulher

Os países da América Latina são apontados como os mais violentos do mundo em relação a homicídio de mulheres. É o que mostra o relatório do Mapa da Violência de 2015, elaborado pe lo sociólogo Julio Jacobo Waiselfisz com o suporte de instituições como a ONU. Os dados foram coletados pela OMS, entre os países que acompanham o tema estatisticamente nos últimos anos. Confira os 20 países onde mais se tem registro de mulheres assassinadas.

20º – Uruguai

Os 20 países mais violentos para mulheres

O país sul-americano apresenta a taxa de 2 mulheres assassinadas para cada 100 mil habitantes, tendo 2010 como ano de referência. A taxa do Uruguai é maior do que a de países vizi nhos, como Paraguai, Argentina e Chile.

19º – Estados Unidos

Os 20 países mais violentos para mulheres

Apesar de ser a maior economia do mundo, os Estados Unidos figuram na lista dos 20 países mais violentos do mundo para mulheres. O país apresentou, em 2010, a taxa de 2,2 homicídi os para cada 100 mil habitantes. Os crimes contra as americanas estão concentrados principalmente nos maiores centros urbanos. Foto: AP

18º – África do Sul

Os 20 países mais violentos para mulheres

Uma das poucas nações africanas a ter dados consolidados sobre o assunto, a África do Sul aparece em 18º lugar entre os países mais violentos para mulheres. A taxa em 2013 foi de 2,2 homicídios para cada 100 mil habitantes. Foto: Rodger Bosch /AFP

17º – Lituânia

Os 20 países mais violentos para mulheres

O país báltico é o primeiro europeu a aparecer no ranking, com 2,3 homicídios para cada 100 mil habitantes. Os dados lituanos foram coletados em 2012. Foto: Mindaugas Kulbis/AP

16º – Panamá

Os 20 países mais violentos para mulheres

Mais um latino na lista, o Panamá tem 2,4 homicídios para cada grupo de 100 mil habitantes. O país caribenho aparece em 16º na lista, levando em conta dados de 2012. Foto: EFE

15º – Ilhas Maurício

Os 20 países mais violentos para mulheres

A pequena República de Maurício, na costa do continente africano, também figura no ranking da violência contra as mulheres. O arquipélago turístico perto de Madagascar teve, em 2013, uma taxa de 2,4 homicídios para 100 mil habitantes. Foto: Reprodução

14º – Cuba

Os 20 países mais violentos para mulheres

As cubanas também são alvo da violência. O país caribenho aparece na 14ª colocação, com uma taxa de 2,5 homicídios, tendo como referência o ano de 2012. Foto: EFE

13º – Estônia

Os 20 países mais violentos para mulheres

Segundo país Báltico da lista, a Estônia apresentou a taxa de 2,5 homicídios para cada 100 mil habitantes. Os dados foram coletados em 2012. Foto: Reprodução

12º – Bielorrússia

Os 20 países mais violentos para mulheres

A ex-república soviética é mais um país europeu a estar na ranking da violência contra as mulheres. A taxa em 2011 foi de 2,6 para cada grupo de 100 mil habitantes. Foto: AP

11º – Ucrânia

Os 20 países mais violentos para mulheres

Em 2012, a Ucrânia apresentava a taxa de 2,8 homicídios de mulheres para cada grupo de 100 mil habitantes, sendo o quarto país europeu mais violento. Foto: AP

10º – Porto Rico

Os 20 países mais violentos para mulheres

Oficialmente um território associado aos Estados Unidos, Porto Rico também é um dos mais violentos para as mulheres. Em 2010, a taxa de homicídios das porto riquenhas ficou em 2,9 . Foto: Ricardo Arduengo/AP

9º – Letônia

Os 20 países mais violentos para mulheres

Terceira e última república Báltica, a Letônia está entre os dez países mais violentos para mulheres. Em 2012, 3,1 mulheres foram assassinadas para cada grupo de 100 mil habitante s. Foto: AP

8º – Suriname

Os 20 países mais violentos para mulheres

O pequeno país sul-americano teve um taxa de 3,2 homicídios de mulheres em 2012 para cada 100 mil habitantes, o que o colocou em oitavo lugar no ranking da violência. Foto: Reuters

7º – Moldávia

Os 20 países mais violentos para mulheres

Também uma ex-república soviética, a Moldávia é o segundo país europeu mais violento em relação às mulheres. Por lá, 3,3 mulheres foram assassinadas para cada 100 mil habitantes e m 2013. Foto: Dan Morar/AP

6º – México

Os 20 países mais violentos para mulheres

Com a elevada taxa de 4,4 homicídios de mulheres em 2012, o México é um dos países mais violentos do mundo. Além da violência doméstica, os mexicanos enfrentam problemas com o nar cotráfico. Foto: Linda Stelter / AP

5º – Brasil

Os 20 países mais violentos para mulheres

Com os dados de 2013, o Brasil aparece como o quinto país mais violento para mulheres. A taxa para cada grupo de 100 mil habitantes foi de 4,8. Foto: Estadão Conteúdo

4º – Rússia

Os 20 países mais violentos para mulheres

As russas estão mais sujeitas a serem assassinadas do que qualquer outra nacionalidade europeia. Em 2011, o país apresentou a taxa de 5,3 homicídios de mulheres entre grupos com 1 00 mil habitantes. Foto: Reuters

3º – Guatemala

Os 20 países mais violentos para mulheres

Inaugurando o top 3, a Guatemala é um dos mais violentos países do mundo. A nação da América Central teve, em 2012, uma taxa de 6,2 homicídios de mulheres. Foto: Moises Castillo /AP

2º – Colômbia

Os 20 países mais violentos para mulheres

Com dados de 2011, a Colômbia teve 6,3 homicídios de mulheres para cada 100 mil habitantes. O péssimo índice deu ao país sul-americano a segunda colocação entre as nações mais vio lentas. Foto: Reuters

1° – El Salvador

Os 20 países mais violentos para mulheres

De forma isolada, El Salvador é o país mais violento do mundo para mulheres, de acordo com o Mapa da Violência 2015. Em 2012, o índice de assassinatos para cada grupo de 100 mil h abitantes chegou a 8,9. Foto: Jessica Orellana/Reuters

Estudos

Os 20 países mais violentos para mulheres

Vários países não fazem acompanhamento de dados específicos de violência contra as mulheres. Um estudo realizado pela Fundação Thomson Reuters em 2011, entretanto, aponta que os p aíses mais violentos estão na África e Ásia. O levantamento ouviu a impressão de mais de 200 profissionais de comunicação e saúde. O país apontado como o mais violento do mundo para mulheres foi o Afeganistão, seguido da República Democrática do Congo, Somália, Paquistão, Sudão, Índia e Haiti. Foto: Reuters

Fonte: Estadao

Publicidade

ASSFAPOM - Associação dos Praças e Familiares da Polícia e Bombeiro Militar do Estado de Rondônia

Publicidade

Conveniência Liberdade em Porto Velho

Publicidade

Gurjão Santiago Kikuchi Advogados Associados

Mil Contabilidade

Publicidade

BOCA ROSA – Curso de Maquiagem PROFISSIONAL

Publicidade

3D Store - O estilo que você precisa!

Publicidade