Siga

Polícia

CASO PM ALDO – Servidora apontada como mandante do assassinato é julgada na quinta-feira  (20)

A Justiça de Rondônia julga na quinta-feira (20), em Porto Velho a servidora pública Lucimara de Paula Gouveia (47), apontada como mandante do assassinato do PM Aldo Justiniano, morto a tiros no dia 20/12/10.

Aldo foi atacado por uma dupla no momento que chegava na casa de Lucimar, que segundo as investigações era na época amante do militar.  O PM travou luta corporal com dois dos acusados, foi baleado e morreu antes de receber cuidados médicos. Um terceiro envolvido deu fuga aos executores.

O crime chegou a ser registrado como latrocínio, porém depois de muita investigação, surgiram provas que apontaram a participação da servidora, que na estava a disposição de um vereador na Câmara Municipal.

Os assassinos foram todos presos e confessaram a participação de Lucimar.  O valor pago pelo assassinato e nem a motivação foram revelados.
Em fevereiro de 2013 a Delegacia de Homicídios sob comando da responsável pelo inquérito, delegada Leisaloma realizou a reconstituição do assassinato e confirmou a participação dos acusados.  A família de Aldo espera que por justiça e rigor por parte do juiz responsável.

Fonte: JH Notícias

Publicidade

ASSFAPOM - Associação dos Praças e Familiares da Polícia e Bombeiro Militar do Estado de Rondônia

Publicidade

Conveniência Liberdade em Porto Velho

Publicidade

Gurjão Santiago Kikuchi Advogados Associados

Mil Contabilidade

Publicidade

BOCA ROSA – Curso de Maquiagem PROFISSIONAL

Publicidade

3D Store - O estilo que você precisa!

Publicidade