Motociclista colide com porteira utilizada para interditar Morro Chico Mendes

Polícia - sábado, 09/05/2020 às 11h12min
Motociclista colide com porteira utilizada para interditar Morro Chico Mendes
Imagem .GIF que ilustra campanha publicitária do Governo de Rondônia ao combate contra o Coronavírus.

Segundo o médico plantonista, o motociclista apresentava fratura na mandíbula, perca de três dentes e escoriações pelo corpo.

Um jovem de 18 anos, inabilitado, colidiu a motocicleta em que ele conduzia contra a porteira de madeira que vem sendo utilizada para interditar o acesso ao Morro Chico Mendes. O acidente ocorreu no inicio da noite desta sexta-feira (8) por volta das 19h na via de acesso ao Moro na Estância Turística de Ouro Preto do Oeste.

A Polícia Militar informou que foram acionados para atender um acidente de trânsito onde haviam uma vítima e ao chegarem ao local se depararam com um jovem de 18 anos caído ao solo ao lado da motocicleta que ele conduzia. Constatou-se posteriormente que o motociclista não possuía a Carteira Nacional de Habilitação – CNH.

Rapidamente a vítima foi socorrida pelo Corpo de Bombeiros até o hospital municipal Drª Laura Maria Braga onde o médico plantonista constatou que o motociclista apresentava fratura na mandíbula, perca de três dentes e escoriações pelo corpo, sendo ele posteriormente transferido para Ji-Paraná. A motocicleta foi liberada no local para o pai do condutor.

Segundo testemunhas o jovem seguia sentido BR 364 / Morro Chico Mendes e provavelmente não tinha conhecimento que aquela via estava interditada e em razão da escuridão não avistou a porteira vindo a se chocar contra a mesma.

Os policiais relataram que devido a precariedade da sinalização no local do acidente, a guarnição contatou com representantes da Prefeitura Municipal para que tomassem providencias quanto ao melhoramente da sinalização daquele local.

Minutos depois uma equipe da Prefeito foi até o local e instalou uma placa de sinalização na porteira e vários cones para evitar que outros acidentes ocorram.

Por Gazeta Central


Seja o primeiro a colaborar

Deixe seu comentário!

Informe seu nome
Informe seu email