Siga
PF deflagra Operação “Las Chicas” para combater tráfico internacional no estado e cumpre mandados
Montagem: JH Notícias. Foto: Renato Spagnol

Polícia

PF deflagra Operação “Las Chicas” para combater tráfico internacional no estado e cumpre mandados

Duas organizações criminosas traziam drogas de Guayaramerín, na Bolívia, e escondidas em veículos, distribuíam para as regiões Norte, Nordeste e Sudeste do Brasil.

A Polícia Federal deflagrou na manhã desta quinta-feira, 04, a Operação “Las Chicas”, para combater o tráfico internacional de drogas em Rondônia, Amazonas e Pará.

Estão sendo cumpridos 54 mandados judiciais, sendo 20 de prisão preventiva, 19 de busca e apreensão e 15 conduções coercitivas, expedidos pela Justiça Federal em Guajará-Mirim.

As investigações identificaram duas organizações criminosas especializadas no tráfico internacional de drogas, que do país vizinho articulavam as remessas de drogas para o Brasil.

Os integrantes dessas organizações movimentaram grandes quantias em contas bancárias próprias e de “laranjas”, que eram responsáveis por levar o dinheiro para a Bolívia. Enquanto a logística do transporte das drogas era feita a partir das cidades de Porto Velho e Vilhena, onde as drogas eram armazenadas, escondidas em veículos e distribuídas para Norte, Nordeste e Sudeste do país.

Entre 2016 e 2017 foram realizadas apreensões que somaram aproximadamente 90 quilos de cocaína (cloridrato e pasta base), o que acarretou na prisão em flagrante dos envolvidos e apreensão dos veículos utilizados para esconder os entorpecentes. Além disso, policiais federais de Guajará-Mirim apreenderam R$210.000,00 em espécie, no momento em que um dos criminosos atravessaria a fronteira rumo a Bolívia.

Em Rondônia, a Polícia Federal cumpre mandados nas cidades de Guajará-Mirim, Porto Velho, Vilhena, Cacoal e Novo Horizonte do Oeste. Além delas, os policiais federais cumprem mandados em Humaitá, no Amazonas, e Castanhal, no Pará.

Os presos, após serem ouvidos na Superintendência e Delegacias da Polícia Federal em Rondônia, serão encaminhados para presídios estaduais e responderão, perante a Justiça Federal, pelos crimes de tráfico internacional de drogas, associação para o tráfico e lavagem de dinheiro.

O nome da operação “Las Chicas” é em função das quadrilhas investigadas serem comandadas por duas mulheres que residem atualmente em Guayaramerín.

Fonte: Polícia Federal

Publicidade

ASSFAPOM - Associação dos Praças e Familiares da Polícia e Bombeiro Militar do Estado de Rondônia

Publicidade

Conveniência Liberdade em Porto Velho

Publicidade

Gurjão Santiago Kikuchi Advogados Associados

Mil Contabilidade

Publicidade

BOCA ROSA – Curso de Maquiagem PROFISSIONAL

Publicidade

3D Store - O estilo que você precisa!

Publicidade