Siga
Três pessoas são presas suspeitas de matar adolescente de 17 anos e esconder corpo em saco
Imagem Arquivo

Polícia

Três pessoas são presas suspeitas de matar adolescente de 17 anos e esconder corpo em saco

Três pessoas suspeitas de matar a adolescente Jéssica Moreira Hernandes, de 17 anos, em Cerejeiras, foram presas e encaminhadas para Vilhena nesta terça-feira (25), após prestarem depoimentos. Centenas de pessoas protestaram em frente à delegacia de Cerejeiras exigindo justiça.

De acordo com o delegado Rodrigo Spiça, que coordena a investigação, os suspeitos são Ismael da Silva, de 30 anos, namorado da vítima; Diego Parente, primo de Ismael, e a esposa de Diego, que não teve o nome divulgado.

As motivações do crime ainda não foram esclarecidas, mas o delegado acredita em crime passional.
“Descartando possibilidades, checando informações e ao final de quatro dias de investigação, conseguimos formar uma ideia e vincular isso algumas pessoas. Nós temos indícios. Essas pessoas foram presas temporariamente. Não posso falar detalhes porque ainda tenho várias diligências em andamento. Elas são suspeitas. De alguma forma elas estavam atrapalhando a investigação”, esclarece o delegado que afirma que a adolescente não foi morta no local onde o corpo foi encontrado.

LEIA TAMBÉM:

Suspeitos de envolvimento em crime que vitimou adolescente em Cerejeiras estão sendo ouvidos

Polícia confirma que restos mortais encontrado no fundo de igreja é da menor Jéssica

Moradores pediam justiça durante os depoimentos dos três suspeitos que são parentes.
No início da noite desta terça-feira, centenas de pessoas estavam aglomeradas em frente da Delegacia da Polícia Civil de Cerejeiras. Conforme publicação do jornal Folha do Sul, o delegado pediu para que os populares mantivessem a calma.

“Pessoal, eu gostaria de esclarecer aqui sobre o andamento das investigações. Eu entendo a revolta de vocês, mas não é assim que temos de resolver as coisas. Os três suspeitos estão sendo apenas investigados e não existe ainda nenhuma acusação contra eles. Só teremos provas definitivas no final do processo, se for o caso de eles serem culpados. Por enquanto, foi pedida apenas a prisão preventiva deles, para o bom andamento das investigações. Ainda faltam laudos periciais, faltam provas técnicas, ainda falta muita coisa. Então, peço a vocês que entendam esse processo necessário de investigação”, pediu o delegado.

Entenda o caso

A adolescente Jéssica Moreira Hernandes, de 17 anos, desapareceu na manhã da última quinta-feira (20) e seu corpo foi encontrado no fim da tarde de segunda-feira (24) dentro de um saco de lixo na Linha 4, próximo ao campo do Internacional, a cerca de 7 quilômetros da área urbana de Cerejeiras.

O corpo de Jéssica apresentava três perfurações de faca, sendo uma nas costas e duas no pescoço.
O enterro da jovem ocorreu na tarde desta terça-feira.

Fonte: Rondoniagora

Publicidade

ASSFAPOM - Associação dos Praças e Familiares da Polícia e Bombeiro Militar do Estado de Rondônia

Publicidade

Conveniência Liberdade em Porto Velho

Publicidade

Gurjão Santiago Kikuchi Advogados Associados

Mil Contabilidade

Publicidade

BOCA ROSA – Curso de Maquiagem PROFISSIONAL

Publicidade

3D Store - O estilo que você precisa!

Publicidade