Notícias de Política

LAVA JATO – “Bosco da Federal representa a luta contra a corrupção em Rondônia”, diz presidente da FENAPEF

Para Luís Antônio de Araújo Boudens, o eleitor rondoniense terá em suas mãos um dos nomes mais confiáveis da PF brasileira, isso caso sua candidatura se confirme na convenção que se aproxima. Bosco é pré-candidato ao Senado pelo PPS rondoniense. 


Postado em 18/06/2018 às 11h31min

LAVA JATO – “Bosco da Federal representa a luta contra a corrupção em Rondônia”, diz presidente da FENAPEF

A proximidade das eleições que determinará o futuro político do país, já começa a mobilizar grupos que até então existiam de forma tímida dentro dos processos de elaboração e regimento de leis e ações dentro da vida pública no Brasil.

Personagem atuante dentro dos processos de fiscalização dessas ações, a Polícia Federal é um desse grupos que decidiu ser protagonista desse papel, uma vez que é dentro do Congresso onde as coisas realmente começam a ser mudadas, com medidas que podem cortar pela raiz o câncer da corrupção dentro do sistema nacional.

Entusiasta dessa ideia, o presidente da Federação Nacional dos Agentes da Polícia Federal – FENAPEF, Luís Antônio de Araújo Boudens, vem promovendo uma série de iniciativas que visam o fortalecimento dos agentes por todo o território da república. Um exemplo dessas ações é a criação da Frente Nacional dos Agentes da Polícia.

Cabe à essa frente levar uma pauta única de compromissos assumidos pelos candidatos ao Congresso que integram o quadro funcional dos agentes da Polícia Federal. No estado de Rondônia, o nome apresentado pela FENAPEF é o do agente Bosco da Federal, nome bastante conhecido dentro da entidade nacional.

Apresentando um currículo extenso de atuação em favor do Brasil, Bosco da Federal já serviu em missão no Haiti, liderou grupo de inteligência e segurança dentro da PF, além de exercer atividades voltadas para a segurança pública no governo de Rondônia e a vereança na capital, Porto Velho.

Para Luís Antônio de Araújo Boudens, o eleitor rondoniense terá em suas mãos um dos nomes mais confiáveis da PF brasileira, isso caso sua candidatura se confirme na convenção que se aproxima. Bosco é pré-candidato ao Senado pelo PPS rondoniense.

“Com certeza o rondoniense poderá ficar tranquilo, que caso tenha o Bosco como opção poderá ter um ótimo representante no Congresso, que levará nossa causa adiante em combate a corrupção e apoio a operação Lava Jato”, afirmou  Luís Boudens.

A Frente Nacional dos Agentes da Polícia Federal conta com pré-candidatos em quase todos os estados da Federação e promoverá mobilizações para chamar a atenção da população brasileira à causa.

Fonte: Assessoria



MAIS NOTÍCIAS DE Política