Terca-Feira, 12 de Novembro de 2019

Notícias de Política

LAVA JATO – No país, 28 agentes da PF são pré-candidatos ao Congresso, RO conta com Bosco da Federal

Presidente da associação dos servidores da PF em Rondônia, ele  liderou diversas ações de segurança pública dentro e fora do país e foi um dos vereadores mais atuantes de Porto Velho no período em que exerceu a legislatura. Fechado com a Federação, Bosco da Federal, terá o compromisso com o apoio às operações dentro do Congresso, além de propor o fim do foro privilegiado, corte nos gastos de gabinete, entre outras medidas, que atualmente se pautam necessárias no pleito que virá.

Postado em 19/04/2018 às 10h36min


LAVA JATO – No país, 28 agentes da PF são pré-candidatos ao Congresso, RO conta com Bosco da Federal

A Federação Nacional dos Policiais Federais – FENAPEF, está mobilizando a comunidade brasileira no intuito de fortalecer a bancada da Polícia Federal dentro do Congresso a partir de 2019. A necessidade do fortalecimento da PF dentro do sistema político se dá porque nos últimos anos diversas decisões e investigações de operações de combate a corrupção, como a Lava Jato, foram prejudicadas em decorrência da fraca resguarda nos parlamentos.

Até o momento, 28 agentes da Polícia Federal são pré-candidatos em todo o país, os seus nomes vêem sendo divulgados nas redes sociais em uma iniciativa popular que pede para os internautas compartilhem a informação na rede. No estado de Rondônia, o nome cotado para a corrida ao senado é do ex-vereador, Bosco da Federal, pelo PPS.

Presidente da associação dos servidores da PF em Rondônia, ele  liderou diversas ações de segurança pública dentro e fora do país e foi um dos vereadores mais atuantes de Porto Velho no período em que exerceu a legislatura. Fechado com a Federação, Bosco da Federal, terá o compromisso com o apoio às operações dentro do Congresso, além de propor o fim do foro privilegiado, corte nos gastos de gabinete, entre outras medidas, que atualmente se pautam necessárias no pleito que virá.

“A sociedade precisa apoiar a Policia Federal com a Lava Jato, combater a corrupção no congresso Nacional, acabar o foro privilegiado, aperfeiçoar a legislação penal, reestruturar o sistema de Segurança Pública, valorizando esse profissional, fazer justiça com os Agentes Penitenciários, para serem considerados no segmento de Segurança Pública e Polícia Penal”, afirmou Bosco da Federal.

Tratada por muitos articulistas políticos como um marco na história do Brasil, o pleito 2018 deve representar um marco na trajetória do país, já que descrentes com os mesmos nomes, parcela considerável dos eleitores deverá optar pela renovação do atual quadro representativo Brasília. Um alento para uma sociedade tão maltratada com o descaso das autoridades públicas.

Fonte: Assessoria