Notícias de Política

OPINIÃO E POLÍTICA – Emerson Castro foi maldoso e desrespeitoso com professores, afirma SINTERO – Por João Paulo Prudêncio

João Paulo Prudêncio é jornalista e editor de política do jornal eletrônico JH Notícias e atua no jornalismo rondoniense há mais de dez anos. Informações e contato com a coluna através dos telefones: (69) 99230-0591 (WattsApp) e (68) 99217-1709.


Postado em 14/03/2018 às 19h22min

OPINIÃO E POLÍTICA – Emerson Castro foi maldoso e desrespeitoso com professores, afirma SINTERO – Por João Paulo Prudêncio

Desrespeito

A reunião promovida nesta última terça-feira (13) entre o chefe da Casa Civil, Emerson Castro e representantes do sindicato dos professores em Rondônia para tentar colocar um ponto final na greve que se estende desde o inicio do mês em Rondônia terminou com revolta por parte dos profissionais de educação e da comunidade rondoniense, isso, devido ao fato de Emerson ter sido extremamente desrepeitoso com a categoria.

SINTERO

Em contato com a coluna Opinião e Política, a presidente do Sindicato dos Professores, professora Lionilda Simão de Souza, afirmou que durante o encontro Emerson Castro desconsiderou as reivindicações dos professores e afirmou que essa profissão seria um “dom divino”, fato que gerou a indignação da categoria. A fala infeliz e injusta do chefe da Casa Civil rapidamente viralizou nas redes sociais e não foi perdoada pela comunidade, que em resposta disseminou uma série de memes e falas de protestos.

A realidade

Filho de empresário, e certamente sem nunca ter estudado em uma escola da rede pública de ensino regular, Emerson Castro talvez não tenha conhecimento do calvário que se tornou a profissão de professor no estado de Rondônia, nunca deve ter visto de perto a realidade do Ensino de Jovens e Adultos e como professores se desdobram para atender adultos atrasados em sua vida escolar e jovens sem perspectivas em decorrência da triste realidade em que vivem. Mal remunerados e desvalorizados, os professores buscam o minimo de direito para conseguirem desempenhar suas funções com dignidade.

Dom divino 

E falando em ofícios que podem ser considerados um talento natural, a política é uma delas, aliás, desempenhada com maestria por Emerson Castro, que recebe mais de R$ 15 mil para desempenhar seu “dom”, resumindo, perdeu a oportunidade de ficar calado. Ainda de acordo com a professora Lionilda, Castro se mostrou incapaz de negociar com os professores por simplesmente desconhecer ou desprezar a realidade ao qual eles estão acometidos.

Continua

Enquanto isso a greve continua sem previsão de acabar, sem um posicionamento do governador Confúcio Moura, que deve abandonar o barco em breve, passando o pepina para seu “aliado”, Daniel Pereira, que por sinal já liderou paralisações de servidores públicos no estado de Rondônia.

Viajando 

Crise na saúde, crise na educação, e Hildon Chaves no avião, assim é a rotina do prefeito que pediu com todas as palavras para “cuidar” de Porto Velho. Ao melhor estilo tucano de ser, Hildon viaja demais, há pouco tempo foi para Goiania com uma comitiva de vereadores para acompanhar o sistema de saúde público na cidade e agora viajou para Brasília onde garimpa recursos para a educação.

Mais uma troca 

Enquanto isso o prefeito caminha para sua vigésima troca de secretário em menos de um ano e meio de mandato, dessa vez a nova posse foi na Secretaria de Fazenda, assumida em solenidade nesta quarta-feira (14) pelo contador e advogado João Altair Caetano dos Santos. Entre seus maiores desafios está a administração das elaborações de parcerias público-privada e enxurgar a burocracia aos empreendedores da capital, promessa de campanha de Chaves.

EFMM

A prefeitura de Porto Velho homologou através do Diário Oficial  o Título de Utilidade Pública à Associação dos Ferroviários da Estrada de
Ferro Madeira Mamoré – ASFEMM. Com isso, a entidade que é reconhecida por relevantes trabalhos em defesa da história da capital rondoniense, poderá atuar de forma mais organizada e contar com mais apoio, uma bola dentro da gestão Hildon Chaves.

Adoção 

Projeto que facilita o processo de adoção foi aprovado nesta quarta-feira (14) pela Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH). De autoria do senador Aécio Neves (PSDB-MG), o texto torna legal a adoção direta, também conhecida por adoção intuitu personae, quando os pais biológicos indicam quem receberá a guarda da criança ou quando o adotante manifesta vontade de adotar criança maior de dois anos com quem já tem relação de afeto.

A Coluna

João Paulo Prudêncio é jornalista e editor de política do jornal eletrônico JH Notícias e atua no jornalismo rondoniense há mais de dez anos. Informações e contato com a coluna através dos telefones: (69) 99230-0591 (WattsApp) e (68) 99217-1709.

Fonte: JH Notícias



MAIS NOTÍCIAS DE Política