Ações inovadoras projetaram o turismo de Rondônia que ganhou destaque no Brasil e no mundo em 2019

Rondônia - sexta-feira, 27/12/2019 às 11h08min
Ações inovadoras projetaram o turismo de Rondônia que ganhou destaque no Brasil e no mundo em 2019

O ano de 2019 foi bastante promissor quanto aos investimentos no setor do turismo, uma das promessas do governador coronel Marcos Rocha. Em eventos, o governador fez questão de citar a frase que marcou sua fala: “Quero que o povo conheça Rondônia e farei com que isso aconteça”. E foi seguindo este direcionamento que a Superintendência de Turismo (Setur), na gestão do superintendente Gilvan Pereira iniciou o ano com um remapeamento do pontos turísticos de Rondônia, que contribuiu com o desenvolvimento de políticas públicas para o setor.

Para iniciar as tratativas já no mês de janeiro foram marcadas reuniões e encontros com secretários, empresários e prefeitos dos 52 municípios, para fortalecer as estratégias. Este ano, os potenciais do setor turístico foram apresentados pessoalmente aos deputados federais e ao Ministro do Turismo (Mtur) Marcelo Álvaro e o encontro foi promissor e resultou em recursos para o Estado.

Além disso, o governo de Rondônia esteve presente em um dos maiores eventos da América latina, a 25ª Intermodal South América. O evento reuniu representantes de empresas e instituições de vários países, com exibição para mais de 50 mil pessoas de várias nacionalidades. Uma vitrine para o turismo do Estado, mas era necessário, ainda, atualizar dados do turismo rondoniense no Sistema do Ministério do Turismo (Mtur), o Cadastur, programa gratuito que oferece um leque de oportunidades a todos os cadastrados, seja empresas ou pessoas físicas que trabalham no ramo. A Setur incentivou para que os interessados fizessem o cadastro.

Este ano, a Setur discutiu a construção de uma agenda para colocar em prática o Plano de Uso Público do Parque Estadual Corumbiara (PEC) que promete fomentar o turismo na região, com uma grande extensão e beleza única.

Também foram divulgados dados sobre os investimentos no setor, com cerca de 750 mil em sinalização turística, uma necessidade que o Estado tinha há anos, e que somente em 2019 foi sanada. Além de divulgar 12 pontos turísticos fortes mais visitados de Rondônia. Os meses de maio e junho foram marcados pelos arraiais, entre eles o Flor de Cactos e Flor do Maracujá, festas tradicionais da região norte, que trazem o colorido das roupas, o sabor da culinária típica, as famílias para prestigiarem os eventos.

A realização do Encontro de Fomento ao Turismo do Estado de Rondônia também teve destaque este ano. O evento aconteceu nos municípios de Pimenteiras do Oeste, Cerejeiras, Cabixi e Colorado do Oeste, regiões de grandes belezas naturais. Já Porto Velho e Guajará Mirim foram contemplados, também, com um pacote de ações que beneficia 158 municípios do país: o programa Investe Turismo do governo federal. Os investimentos para este programa alcançam a casa dos R$ 200 milhões.

Ainda no período, estudantes da rede pública de ensino, puderam conhecer alguns pontos turísticos da Capital, através da assinatura de um Termo de Cooperação que promoveu o turismo aliado à educação. Outro grande destaque este ano, foi o retorno da centenária litorina aos trilhos da Estrada de Ferro Madeira Mamoré (EFMM). Um passeio de 15 minutos que faz os visitantes voltarem no tempo, em que o pequeno vagão ferroviário transportava os funcionários da ferrovia.

A pesca esportiva foi outro destaque. Agora, o governo de Rondônia pretende transformar o esporte em potencial turístico. Para o fortalecimento da pesca foram realizadas capacitações visando o fortalecimento da pesca, um forte atrativo na região.

A Setur também deu mais um passo rumo ao desenvolvimento, com a criação do Conselho Estadual de Turismo (Consetur), uma das exigências do Ministério do Turismo, para que sejam desenvolvidas políticas públicas no setor. Mas um dos pontos mais relevantes para o turismo rondoniense em 2019 foi sem dúvidas a aprovação de municípios de Rondônia no Mapa Turístico Brasileiro, no total sete municípios de Rondônia estão presentes no mapa.

PROGRAMAS E FEIRAS

O turismo em Rondônia também foi movimentado por meio da Exposição Agropecuária Festa Tecnológica de Porto Velho (ExpoPorto), um grande atrativo para os rondonienses que valorizam a cultura local. O ecoturismo é outro potencial que o estado pretende investir e que foi amplamente no ano de 2019.

Além disso, a Setur marcou presença na Feira Internacional que aconteceu em Londres, mais uma vez apresentando as potências do Estado. E falando em intercâmbio, estudantes de vários municípios do estado viajaram até Capital, para conhecer os pontos turísticos, através do projeto “Conheça Porto Velho”.

Fechando o período, a Setur lançou o Programa Viaja Mais Servidor, que permite um série de benefícios aos servidores públicos, além de incentivar o turismo regional. Um dos feitos mais esperados, além da plataforma digital “Rondônia Tem Tudo”, um guia virtual que apresenta as maravilhas atrativas de Rondônia, para que qualquer pessoa de qualquer lugar possa conhecer o Estado.

“E é isso que buscamos, investir em nossos jovens e em projetos para que Rondônia seja uma grande potência turística. Não tenho dúvida que em pouco tempo Rondônia vai estar na prateleira mostrando o seu grande potencial turístico para o Brasil e para o mundo’’, destacou Gilvan Pereira, superintendente estadual de Turismo.

Por Secom