Siga
CHEIA - Equipes do DNIT reparam área destruída, rio Madeira está há menos de um metro da BR-364 - Fotos e Vídeo

Rondônia

CHEIA – Equipes do DNIT reparam área destruída, rio Madeira está há menos de um metro da BR-364 – Fotos e Vídeo

A equipe de jornalismo do JH Notícias foi até o local e registrou a movimentação na área desbarrancada da BR.

CHEIA – Equipes do DNIT reparam área destruída, rio Madeira está há menos de um metro da BR-364 – Fotos e Vídeo

Mais em Rondônia

A agressiva elevação do rio Madeira nas últimas 24 horas deixou as comunidades de Rondônia e Acre em apreensão, traumatizados após ficarem isolados via terrestre no ano de 2014, os acreanos estão acompanhando atentamente a movimentação de um rio que pode ser considerado inconstante em sua movimentação, isso em decorrência à instalação de duas usinas hidrelétricas em sua extensão, Jirau e Santo Antônio.

Após o desbarramento de parte da pista no trecho que cruza o lago da usina de Jirau, no km 873 da BR-364, em Porto Velho, equipes da Departamento Nacional de Infraestrutura – DNIT, foram deslocadas até a região para promover uma obra paliativa evitando que a pista ficasse com uma de suas vias bloqueadas.

No local, é possível observar que o rio está há menos de um metro da estrada e caso as chuvas continuem e o rio siga a constante de subida, será questão de dias para que a água emerja à pista, deixando a situação complicada para pequenos veículos que atravessam o local. Porém até o momento, o fluxo continua normal na região, apenas sendo regulados por alguns operadores de pare-siga.

Durante a noite desta quinta-feira (11) o rio Madeira em Porto Velho registrou 13,56 em seu nível, fato que acalma os nervos de quem depende da rodovia, já que durante o dia o rio registrou 13,83 metros de profundidade, ou seja, nas últimas horas o rio vem registrando um descenso em suas águas.

Porém, uma forte chuva se abateu em Porto Velho no final da tarde e a previsão é de que o rio retorne a subir. A Polícia Rodoviária FederalPRF já está de alerta e o local onde ocorreu o desmoronamento está sob monitoração, já que novos problemas na área não estão descartados.

Já na região do Abunã, local onde é realizado a travessia da balsa na BR-364 que liga Rondônia ao Acre o rio registrou 19,94 metros, sendo que durante o decorrer do dia foi registrado a profundidade de 20 metros. A situação preocupante em alguns bairros da capital e a Defesa Civil já está atuando para conter os prejuízos do avanço do rio Madeira.

A equipe de jornalismo do JH Notícias foi até o local e registrou a movimentação na área desbarrancada da BR. Confira vídeo:

FOTOS

CHEIA - Equipes do DNIT reparam área destruída, rio Madeira está há menos de um metro da BR-364 - Fotos e Vídeo

CHEIA - Equipes do DNIT reparam área destruída, rio Madeira está há menos de um metro da BR-364 - Fotos e Vídeo

CHEIA - Equipes do DNIT reparam área destruída, rio Madeira está há menos de um metro da BR-364 - Fotos e Vídeo

CHEIA - Equipes do DNIT reparam área destruída, rio Madeira está há menos de um metro da BR-364 - Fotos e Vídeo

Fonte: JH Notícias

Advertisement

Publicidade

ASSFAPOM - Associação dos Praças e Familiares da Polícia e Bombeiro Militar do Estado de Rondônia

Publicidade

Conveniência Liberdade em Porto Velho

Publicidade

Gurjão Santiago Kikuchi Advogados Associados

Mil Contabilidade

Publicidade

3D Store - O estilo que você precisa!

Publicidade