Siga

Rondônia

DENÚNCIA – “Dá nojo ficar aqui”, afirma paciente grávida internada no Hospital de Base – Vídeo

Uma mulher grávida de aproximadamente seis meses e que precisa de acompanhamento médico para garantir a sua gestação, decidiu recolher seus pertences e ir embora do hospital por conta própria.

              

Bebedouros cobertos por lodo, apenas três banheiros disponibilizados para centenas de internos, assim foi o relato de uma paciente do Hospital de Base Ary Pinheiro, o maior centro de especialidades clínicas pública do estado de Rondônia, situado na capital, Porto Velho.

Na unidade de saúde, gerida pelo governo do estado, se internam centenas de pacientes de todas as regiões do estado para realizarem cirurgias de caráter diverso, visto como centro de referência, o hospital agora precisa se explicar sobre uma denuncia promovida em um vídeo que circulou pelas redes sociais neste última final de semana.

Uma mulher grávida de aproximadamente seis meses e que precisa de acompanhamento médico para garantir a sua gestação, decidiu recolher seus pertences e ir embora do hospital por conta própria, o motivo, é impossível conviver no local, que de acordo com ela, não oferece a menor condição sanitária ou estrutura que respeite o dinheiro do contribuinte e a vida humana.

“Eu não posso ir em um banheiro porquê não tem vaga, você não pode tomar um banho. Tá dando nojo, o bebedeiro está cheio de lodo. Você sabendo que é seu suor que está aqui dentro e eu no corredor estirada”, afirmou a paciente, que mostrou bastante afetada pela situação, chorando a todo o momento.

Ainda nas redes sociais, outros pacientes relataram mal atendimento por parte de alguns profissionais do local. Confira o vídeo que foi divulgado pelo repórter William Ferreira:

Fonte: JH Notícias

              

Mais em Rondônia