Notícias de Rondônia

DER participa da campanha de doação de sangue em Porto Velho


DER participa da campanha de doação de sangue em Porto Velho

A campanha de doação de sangue Pedalando pela Vida, realizada pelo grupo Ciclista Sangue Bom, de Porto Velho, tem a meta de atingir pelo menos 400 doações em oito dias, ou seja, média de 50 coletas por dia. E o Departamento de Estradas de Rodagem, Infraestrutura e Serviços Públicos (DER) entra como parceiro da desta ação, na busca de tentar conscientizar os servidores do órgão para que façam doação de sangue regularmente.

A campanha foi iniciada no último sábado (16), e uma das ações principais foi a divulgação nos órgãos públicos. O Pedalando pela Vida será encerrado no próximo sábado (23), com um passeio ciclístico saindo às 16h30 da Praça das 3 Caixas d’Água, no Centro da cidade, com encerramento no Espaço Alternativo.

No ato que oficializou o DER como parceiro da campanha de doação de sangue, o gerente da Coordenadoria de Infraestrutura (Cinfra), do DER, Josafá Marreiros, fez a doação de 50 camisetas relacionadas ao evento, as quais serão entregues aos doadores.

Josafá Marreiros afirmou aos organizadores da campanha, Evandro Medeiros, Éverton Diglei e Érica Maria do Vale, que podem contar com o DER pra qualquer ação dessa natureza. Disse que buscará sensibilizar cada servidor para somar forças nesta campanha. “Trabalhei muitos anos na área da saúde, enquanto diretor da Fundação Nacional da Saúde (Funasa). Sei da importância de campanhas como esta”, relatou.

Para os organizadores, o objetivo é chamar a atenção da sociedade para a importância da doação. “Quem já precisou de doação de sangue sabe o valor dessa campanha”, frisou Everton Diglei. Evandro Medeiros destaca que as coletas de Porto Velho atendem todo o interior do estado e também o município de Humaitá/AM.

Check-up completo e de graça

Entre os testes realizados nos sangues doados estão os exames para identificar a presença de algumas doenças com os hepatite B e C, sífilis e HIV. “Além de salvar vidas, a doação de sangue reduz o risco de câncer, conforme apontam estudos”, relatam os organizadores.

Segundo o Ministério da Saúde (MS), apenas 1,8 da população doa sangue regularmente. Ainda segundo o MS, a falta de informação sobre o processo de doação de sangue e a sua importância para o individuo e a sociedade também colabora com o desinteresse das pessoas que poderiam se tornar doadoras.

Fonte: Secom/RO




MAIS NOTÍCIAS DE Rondônia