Notícias de Rondônia

Estruturas físicas das Unidades Socioeducativas ganham melhorias em Porto Velho


Postado em 11/06/2018 às 11h35min

Estruturas físicas das Unidades Socioeducativas ganham melhorias em Porto Velho

A Fundação Estadual de Atendimento Socioeducativo (Fease) tem feito importantes entregas para o sistema socioeducativo. Segundo a presidente da Fease, Sirlene Bastos, o objetivo das reformas, das melhorias e das construções que estão sendo entregues ou estão em andamento é oferecer condições mais dignas para que os adolescentes cumpram as medidas socioeducativas e melhorar as condições de trabalho dos servidores.

Reformas de blocos de alojamentos protetivos; sala de visita social, ampliação de passarelas cobertas, reparos nos solários, construção de rampas de acessibilidade para portadores de necessidades especiais (PNE) e instalação de bases de monitoramentos estão sendo feitas na Unidade de Internação Sentenciado Masculino I (UIMS I) e na Unidade de Internação Sentenciado Masculino II (UIMS II), em Porto Velho.

A Fundação tem buscado parcerias fundamentais para que as melhorias aconteçam nas unidades. “Contamos com parceiros importantes como o Ministério Público Estadual, o Ministério Público do Trabalho, o judiciário e, também destaco, o deputado estadual Anderson do Singeperon que disponibilizou, por meio de emenda parlamentar, o valor de 59 mil e duzentos reais, que vamos utilizar esse recurso para a construção do muro da UIMS II, com duas linhas de concertina e também para fazermos melhorias no bloco de atendimento multidisciplinar na UIMS I”, destaca Sirlene.

UIMS I

Na UIMS I, as obras começaram em janeiro e a ampliação da unidade reestruturada irá atender aos novos projetos que irão acontecer ainda este semestre, garantindo a segurança dos adolescentes e servidores, ao melhorar o espaço onde são oferecidas atividades pedagógicas, cursos profissionalizantes e oficinas culturais, além de buscar a ressocialização dos internos em um ambiente arejado e confortável.

O coordenador de infraestrutura da Fease, engenheiro Robson de Sousa, explica que com a reforma dos blocos A e B, a unidade UIMS I passará a ter mais conforto para os socioeducandos e também para os servidores. Antes, não havia postos de monitoramento e agora os agentes de segurança socioeducativo terão melhores acomodações para trabalhar e maior segurança na unidade. “Em todos os alojamentos foi realizada a pintura, reforma da rede elétrica, abertura de janelas para garantir melhor ventilação e iluminação natural, bem como reforma completa dos banheiros”, detalha o engenheiro.

UIMS II

Já na Unidade de Internação Sentenciado Masculino II, o coordenador de infraestrutura relata que está sendo feita a pintura geral da área administrativa da unidade, adequação da recepção e salas de multiuso. Também foram construídas rampas , construção de passarela coberta e reforma geral dos blocos do alojamento impar, além da construção de uma base de monitoramento. “A nova base de monitoramento vai melhorar muito a segurança na unidade e sua ativação irá possibilitar condições para os servidores desenvolverem melhor seu trabalho”, reforça Robson de Sousa.

Compromisso

Reformas em unidades da Fease acontecem também em outros municípios. Com as melhorias nas condições de internação, os adolescentes estão sendo estimulados a se comprometerem com o bem público, zelando e mantendo suas estruturas saudáveis, ajudando, inclusive na manutenção e na limpeza. Aliado a isso, eles também participam de atividades educacionais, esportivas e religiosas.

Em todas as unidades do Estado as atividades que envolvem os socioeducandos seguirá um projeto político-pedagógico, em atendimento ao Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) e ao Sistema Nacional de Atendimento Socioeducativo (Sinase).

“Em Rondônia, defendemos o tripé da disciplina, da postura e do trabalho. A recompensa para os adolescentes que se enquadram nessa proposta, baseada na metodologia do estímulo-resposta, é o acesso a mais benefícios no âmbito interno das unidades e, em algumas situações, externas também. Envolver os adolescentes em atividades diversas está em conformidade com o ECA”, lembra a presidente Sirlene Bastos.

Fonte: Secom/RO



MAIS NOTÍCIAS DE Rondônia