Siga
Polícia Científica prioriza crimes contra o meio ambiente após receber novos veículos
Novos veículos que serão entregues pela Sesdec atenderão também à zona rural

Rondônia

Polícia Científica prioriza crimes contra o meio ambiente após receber novos veículos

Uma das finalidades da Polícia Técnico-Científica (Politec) após receber 11 novos veículos da Secretaria de Segurança Defesa e Cidadania (Sesdec), entre outras ações no âmbito científico de investigação, é o combate ao crime contra o meio ambiente.

A frota estará à disposição do órgão a partir desta segunda-feira (26). São oito pick-ups. Sete delas para as Coordenadorias Regionais das cidades do interior e uma vai reforçar a frota de Porto Velho. Outros três veículos são as chamadas mini S.U. V Cross para demandas a ser atendidas principalmente na área rural.

Segundo o superintendente da Politec, Sandro Micheleti, as oito pick-ups são locadas e substituem outros veículos, já sem condições de uso, de acordo com cláusulas contratuais com a empresa proprietária da frota à disposição do governo.

“Recebemos também três veículos Cross da Cintroen resultante de convênio com a Senasp [Secretaria Nacional de Segurança], destinados, exclusivamente, para perícia em locais de crimes, totalmente equipados, da mesma forma que os veículos locados, incluindo o Cooler para condicionamento de vestígios que necessitam ser refrigerados. Essas viaturas complementam as demais à disposição da Politec para o Instituto DNA Criminal, o Instituto Laboratorial Criminal, além do manejo de viaturas que permitem contemplar algumas cidades do interior”, ressaltou Micheleti.

ESPAÇO ALTERNATIVO

A Politec foi a primeira, das quatro forças que integram a Sesdec, a promover exposição no contêiner da secretaria instalado no Espaço Alternativo, no último dia 16.  Divide espaço com o sistema de videomonitoramento – importante ação da segurança em Rondônia a partir deste ano.

Nesta sexta-feira (23), inicia a semana do Corpo de Bombeiros Militar de Rondônia, que estará expondo no Espaço Alternativo. As demais forças, Polícias, Militar e Civil, serão as próximos a expor no mesmo espaço. Assim como a Politec, cada uma terá uma semana para divulgar os trabalhos até fechar o ciclo de 30 dias, conforme relata o secretário de Segurança, Lioberto Caetano.

“Estamos dando continuidade ao trabalho realizado no Porto Velho Shopping na semana passada, sucesso total”, disse o diretor da Politec.

Como lá foi apenas um dia para cada instituição, a Sesdec entendeu que a exposição no Espaço Alternativo, coincidindo com o lançamento do sistema de videomonitoramento, seria importante. Durante uma semana de exposição, a Politec deve divulgar os trabalhos dos três institutos que integram a superintendência: Instituto de DNA Criminal, responsável pela realização de exames de DNA (identificação por meio de material genético) na área criminal, utilizado como prova de crime; o Instituto de criminalística, responsável por exames periciais; e Instituto Laboratorial Criminal que identifica substâncias tóxicas naturais,  ou sintéticas, também para produção de prova do crime.

Publicidade

ASSFAPOM - Associação dos Praças e Familiares da Polícia e Bombeiro Militar do Estado de Rondônia

Publicidade

Conveniência Liberdade em Porto Velho

Publicidade

Gurjão Santiago Kikuchi Advogados Associados

Mil Contabilidade

Publicidade

BOCA ROSA – Curso de Maquiagem PROFISSIONAL

Publicidade

3D Store - O estilo que você precisa!

Publicidade