Notícias de Rondônia

Qualidade do ensino e rigor disciplinar atraem pais a matricular filhos na Escola Militar de Ji-Paraná


Postado em 17/01/2018 às 10h10min

Qualidade do ensino e rigor disciplinar atraem pais a matricular filhos na Escola Militar de Ji-Paraná

Os valores sociais, morais e cívicos aliados à disciplinar militar estão despertando o interesse de dezenas de pais a buscar vagas para os filhos na unidade do Colégio Tiradentes da Polícia Militar em Ji-Paraná, a antiga escola estadual Júlio Guerra.

O técnico em som automotivo Adonias Pereira chegou ao colégio no domingo (14) para realizar a matrícula que inicia terça-feira (16) para alunos que já estudam na rede estadual. A direção do colégio abriu mais 70 vagas para ano letivo que inicia no dia 5 de fevereiro.
“O que me motivou a transferir os meninos para o Colégio Tiradentes é o rigor imposto na escola, como disciplina e valores morais e cívicos, por exemplo. Vale a pena pernoitar ao relento para garantir essas vagas”, disse o técnico de som automotivo interessado em matricular os filhos no 7º e no 8º ano.

Atraída pelo sistema rígido aplicado no colégio, a acadêmica de farmácia Fabiana Silva foi uma das primeiras pessoas a juntar-se a Adonias Pereira, assim como outras dezenas de pais de estudantes.
“Dormir na fila não é nenhum sacrifício que fazemos por nossa filha. A disciplina militar reforça a educação que oferecemos em casa”, disse Fabiana, ressaltando ser uma mãe participativa na comunidade escolar.

“Ter filho estudando no Colégio Tiradentes é um privilégio”, disse Fabiana Silva.

Desde que se transformou em Colégio Tiradentes, em agosto de 2017, a procura por vaga vem crescendo. “Estamos com um projeto novo para ampliação da escola com o objetivo de atender mais estudantes”, informou a vice-diretora, a professora Dinair de Oliveira, que pretende matricular 1100 alunos nos ensinos fundamental e médio.

No final da manhã da segunda-feira (15) o número de interessado em vaga já superava 145 pessoas. Os próprios interessados se auto-organizaram em fila evitando tumulto. A coordenadora regional de educação de Ji-Paraná, professora Rosangela Marum, considera desnecessário que os pais pernoitem em porta de escola e orienta a pré-matrícula pela internet no conforto do próprio lar, a exemplo do ocorrido em 2017.

“Ninguém precisa ficar ao relento. Mas se assim desejarem, a escola vai acomodar no pátio coberto”, informa Marum.

O candidato à vaga na rede estadual deve acessar o endereço eletrônico http://matricula.seduc.ro.gov.br para fazer a reserva de vaga. Feito esse procedimento cópias dos documentos solicitados no requerimento eletrônico deverão ser entregues na escola dentro das 24h seguintes para efetivação da matrícula.

“No próprio site do governo é possível saber a quantidade de vaga disponível em cada escola”, alerta a coordenadora de educação, acrescentando “que nenhum aluno perderá o direito de estudar”.

O ano letivo de 2018 começa no dia 5 de fevereiro nas 454 escolas estaduais e as matrículas seguem até a próxima semana. A programação é que 240 mil alunos sejam matriculados na rede estadual de todos os municípios rondonienses.

Fonte: Secom/RO



MAIS NOTÍCIAS DE Rondônia