Reeducandas de Cacoal confeccionam uniformes por meio do projeto “Costurando a Liberdade”

Rondônia - sexta-feira, 25/09/2020 às 10h43min
Reeducandas de Cacoal confeccionam uniformes por meio do projeto “Costurando a Liberdade”
Imagem .GIF que ilustra campanha publicitária do Governo de Rondônia ao combate contra o Coronavírus.

O Governo de Rondônia, por intermédio da Secretaria de Estado da Justiça (Sejus), em parceria com o Tribunal de Justiça do Estado de Rondônia (TJ/RO), implantou na Casa de Detenção de Cacoal, o projeto “Costurando a Liberdade”. Que tem como objetivo a criação de um ateliê para a ressocialização, por meio da capacitação profissional, aliado à estruturação da segurança interna, desenvolvendo oficina de corte e costura para uso dos reeducandos na unidade.

O projeto foi idealizado pelo diretor-geral da Casa de Detenção de Cacoal, o policial penal, Gilberto Santos de Andrade, sendo formulado pela policial penal Gracielle da Silva. A coordenação diária no ateliê fica sob a responsabilidade da policial penal, Juliane Amélia Rocha de Oliveira Guilherme.

O recurso para a implantação do projeto “Costurando a Liberdade” no valor de R$ 47 mil reais foi destinado pelo Tribunal de Justiça.

Até o momento sete reeducandas estão envolvidas no projeto, na confecção de 1.500 uniformes para todos os reeducandos da unidade prisional de Cacoal. O projeto garante a redução na pena, sendo que a cada três dias de serviços prestados no ateliê entre as máquinas e agulhas, um dia é diminuído da pena a ser cumprida.

“A uniformização dos reeducandos promove igualdade e melhora a segurança na unidade prisional. Além disso, a confecção realizada pelas próprias internas na oficina de costura, gera redução no custo para a administração e oportunidade de ocupação laboral às reeducandas”, pontuou o diretor-geral.

O gerente da Regional III da Sejus, com sede em Rolim de Moura, o policial penal, Leandro Delgado, enfatizou que as atividades do projeto não encerrarão após o término da confecção dos 1.500 uniformes. “A orientação do governador, coronel Marcos Rocha é para que o projeto ganhe um alcance maior, implantando novas linhas de produção para confeccionar uniformes para os reeducandos de toda a Regional III. Quero parabenizar todos os servidores da Sejus envolvidos no projeto de suma importância para a realização de atividades laborais aos reeducandos da unidade prisional. O uniforme, além de padronizar, possui pintura com a identificação do presídio”.

Por Secom


Seja o primeiro a colaborar

Deixe seu comentário!

Informe seu nome
Informe seu email