Siga

Rondônia

Sedam mapeia experiências de Educação Ambiental em todo o estado; saiba como cadastrar seu projeto

A Secretaria de Estado do Desenvolvimento Ambiental (Sedam) iniciou em agosto um mapeamento de boas práticas em educação ambiental que consiste em saber quais instituições públicas e privadas, organizações da sociedade civil e também pessoas físicas que estejam desenvolvendo projetos ou programas de boas práticas ambientais no estado.

Para cadastrar as experiências as pessoas devem acessar o site www.sedam.ro.gov.br na página principal, na seção interatividade clicar em Educação Ambiental, depois no link Mapeamento de Experiências em Educação Ambiental, no final da página clicar no link cadastre sua experiência, com informações bem básicas, como um resumo das atividades do projeto, qual município, público alvo, fotografias, entre outras.

Em seguida vai preencher um formulário online, de fácil preenchimento que contempla experiências em 46 áreas das mais diversas atuações, entre elas agricultura, ecoturismo, diversificação da produção; economia solidária; gestão de resíduos sólidos; manejo florestal; gestão de águas e bacias; parques, manejo de animais silvestres; restauração e recuperação de ecossistemas; jardins e arborização urbana e valorização de produtos da biodiversidade.

Todas as informações das experiências cadastradas são de inteira responsabilidade da pessoa que preencheu o formulário.

O Estado possui uma riqueza de conhecimentos, bem como de projetos e ações voltadas às questões socioambientais desenvolvidos por diferentes sujeitos e grupos sociais que, em sua maior parte, não são conhecidos. Nesse sentido, o Mapeamento de Experiências em Educação Ambiental, denominado Socioambientais, quer identificar, reunir, divulgar, integrar e sistematizar informações de ações e experiências socioambientais voltadas à sustentabilidade existentes no Estado num banco de dados.

Segundo Maria do Rosária Almeida da Silva, coordenadora de Educação Ambiental, as experiências farão parte de um mapa com a localização das ideias por municípios e os resultados serão compartilhados online para consulta pública. “Vamos constituir uma comissão que irá analisar todas essas propostas e organizar uma publicação por meio digital para que todas as pessoas do nosso Estado e de outros estados tenham acesso a essas informações”, explicou.

Além de dar publicidades às experiências de educação ambiental a coordenadora de Educação Ambiental citou outras vantagens do mapeamento: uma oportunidade para que as ideais saiam do isolamento e recebam apoio, servirá como uma fonte de consulta para a solução de problemas comuns, uma experiência que está sendo desenvolvida numa instituição privada pode servir de exemplo para uma prefeitura ou escola.

Fonte: Secom

Publicidade

ASSFAPOM - Associação dos Praças e Familiares da Polícia e Bombeiro Militar do Estado de Rondônia

Publicidade

Conveniência Liberdade em Porto Velho

Publicidade

Gurjão Santiago Kikuchi Advogados Associados

Mil Contabilidade

Publicidade

BOCA ROSA – Curso de Maquiagem PROFISSIONAL

Publicidade

3D Store - O estilo que você precisa!

Publicidade