Search
Close this search box.

Energisa alerta para os perigos dos “gatos de energia”

O furto de energia é crime, provoca acidentes que podem ser fatais e traz prejuízo ao estado de quase R$ 100 milhões por ano em perda de arrecadação de ICMS.
Publicidade

O furto de energia, mais conhecido como gato, é feito por ligações clandestinas que puxam a eletricidade direto da rede. A prática é crime previsto no Código Penal Brasileiro, com pena que varia de um a quatro anos de reclusão. Em Rondônia, o número de ligações irregulares é bastante alto. Para se ter uma ideia, em 2022, a Energisa fez a autuação de 70 mil clientes irregulares.

Segundo o Gerente de Perdas da empresa, Carlos Augusto Finco, a quantidade de energia desviada no ano passado foi de 96 gigawatts, o equivalente ao consumo de energia de todo o município de Ariquemes por um na o. _“Além de ser um ato criminoso, o furto de energia pode ocasionar graves acidentes como incêndios e choques elétricos que costumam ser fatais, afinal, interferir na rede sem os devidos equipamentos traz grandes riscos”_, afirma.

Publicidade

O furto também prejudica a qualidade do fornecimento de energia, afinal, a rede elétrica é planejada para atender os clientes regulares e cadastrados nos sistemas da companhia, considerando a carga declarada por eles. _“É como, por exemplo, se você preparasse uma festa para 20 convidados e, de repente, aparecessem 50 pessoas”,_ exemplifica o gerente.

Os gatos de energia ainda trazem prejuízos ao estado de quase R$ 100 milhões por ano em perda de arrecadação de ICMS, recurso que seria suficiente para custear 31 mil alunos por ano nas escolas, comprar 751 ambulâncias ou construir 1.073 casas populares.

A notificação e regularização de fraudes e furtos de energia é uma obrigação da concessionária, determinada pelo órgão regulador do setor – Aneel – e fundamental para a qualidade no fornecimento de energia elétrica para todos os clientes. A Energisa fiscaliza com frequência a rede elétrica para constatar irregularidades, mas as denúncias também são fundamentais para combater os atos criminosos.

Ligações clandestinas e fraudes nos medidores podem ser denunciadas de forma anônima pelo telefone 0800 647 0120 ou pelo whats app www.gisa.energisa.com.br e ainda pelo aplicativo Energisa On.

Anúncie no JH Notícias