Search
Close this search box.
Publicidade

Acidente em ônibus com torcedores do Corinthians resulta em 7 vítimas fatais

Peritos da Polícia Civil destacaram que a ação do motorista, que direcionou o ônibus em direção ao barranco, evitou um desastre ainda mais grave.
Publicidade

Na madrugada deste domingo (20), um trágico acidente ocorreu envolvendo um ônibus transportando torcedores do Corinthians na BR-381 (Fernão Dias), no município de Brumadinho (MG), resultando em 7 mortes. O veículo estava transportando 48 pessoas que retornavam ao estado de São Paulo após assistirem à partida entre Cruzeiro e Corinthians pelo Campeonato Brasileiro, ocorrida no dia anterior.

De acordo com informações fornecidas pela concessionária da rodovia, a Arteris, o ônibus perdeu o controle em uma curva, colidiu contra um talude e acabou tombando. As equipes de resgate da concessionária, juntamente com o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e o Corpo de Bombeiros, trabalharam no socorro às vítimas. Além disso, a Polícia Rodoviária Federal e peritos da Polícia Civil também foram mobilizados para o local do acidente.

Publicidade

O Corinthians emitiu uma nota de solidariedade às famílias das vítimas, se colocando à disposição para prestar apoio, assim como às outras pessoas afetadas pelo acidente, bem como às autoridades envolvidas na resposta e investigação dos fatos.

Às 10h30, a faixa esquerda da rodovia no sentido São Paulo foi liberada para o tráfego, enquanto a faixa direita permanecia interditada para a atuação dos peritos. A concessionária relatou um congestionamento de cinco quilômetros no local.

Peritos da Polícia Civil de Minas Gerais destacaram que a ação do motorista, que direcionou o ônibus em direção ao barranco, evitou um desastre ainda mais grave.

Conforme o relato dos sobreviventes, alguns torcedores informaram que o motorista gritou que o ônibus estava sem freios.

A concessionária responsável pela gestão do trecho, Arteris Fernão Dias, informou que o motorista do ônibus perdeu o controle ao entrar em uma curva, colidindo com um barranco e capotando.

A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) observou que o veículo envolvido, de placa LPH3885, não possuía registro nem autorização para realizar transporte interestadual de passageiros, indicando que a viagem era irregular. A ANTT garantiu que cooperará com as autoridades de segurança pública, fornecendo todas as informações necessárias para auxiliar nas investigações. Além disso, a Arteris Fernão Dias, a administradora da rodovia concedida, prestou os primeiros socorros necessários.

Combate Clean Anúncie no JH Notícias