Notícias de Brasil

Manifestantes e militares entram em confronto na fronteira venezuelana

Postado em 23/02/2019 às 10h37min


Manifestantes e militares entram em confronto na fronteira venezuelana

A cidade venezuelana de Ureña, na fronteira com a Colômbia, vive um período de tensão na manhã deste sábado (23/2). Manifestantes e policiais entraram em confronto após o anúncio do governo de fechar as divisas entre os dois países.

Durante o protesto, a população colocou fogo em pneus para fazer uma barricada e lançaram pedras contra os militares, que tentam dispersar o grupo com gás lacrimogêneo e balas de borracha. Uma pessoa chegou a ser detida.

Os manifestantes tentam cruzar a fronteira desde cedo, como fazem diariamente. Muitos deles trabalham no país vizinho.

A vice-presidente de Nicolás Maduro, Delcy Rodríguez, anunciou nas redes sociais na noite dessa sexta-feira (22/2) que a fronteira com a Colômbia seria fechada completamente de forma temporária. “Quando forem controladas as ações de violência contra nosso povo e nosso território, será restabelecida a normalidade fronteiriça”, garantiu.

Por Agencia Brasil