Search
Close this search box.
Publicidade
EcoRondônia

Ucranianos no Brasil divulgam PIX para ajuda a refugiados da guerra

Comunidade ucraniana também se organiza para receber famílias que buscarem abrigo no Brasil e já tem algumas cidades como opções
Publicidade

Pessoas e entidades que fazem parte da comunidade ucraniana no Brasil estão se organizando para receber refugiados da guerra iniciada após a invasão russa ao país vizinho. Apoiada pela diplomacia ucraniana, essa comunidade também abriu uma conta bancária para receber doações de brasileiros sensibilizados com a crise humanitária que já produziu mais de 800 mil refugiados.

De acordo com o encarregado de Negócios da Ucrânia no Brasil, Anatoliy Tkach, ainda não há estimativas sobre quantos refugiados virão para o Brasil, que concederá visto humanitário às vítimas da guerra, mas eles já têm onde ficar, ao menos emergencialmente.

Publicidade

“Ativistas estão se organizando para recebê-los em São Paulo e Curitiba. Estão se organizando para ajudá-los a se inserir no mercado de trabalho. dar oportunidade aos refugiados para continuar suas vidas”, disse o diplomata, em entrevista coletiva na tarde desta quarta-feira (2/3) na sede da embaixada, em Brasília.

Veja os dados bancários para ajudar os refugiados ucranianos. O dinheiro, segundo o diplomata, será enviado para ações emergenciais de ajuda na própria Ucrânia.

PIX (Chave CNPJ): 78.774.668.0001-53

Banco: 104 / Agência: 1628 / Operação: 013 / Conta: 00010493-0

O e-mail rcubras@gmail.com e o telefone (41) 9 9981 5402 foram fornecidos para quem quiser mais informações sobre a operação humanitária.

Segundo o diplomata ucraniano no Brasil, dois mil civis já perderam a vida na guerra e mais de 80 ataques russo já foram registrados contra locais como jardins de infância, hospitais, orfanatos e universidades.

“Se isso não é genocídio, o que é?”, questionou Anatoliy Tkach, que tem falado diariamente com os jornalistas brasileiros para pedir por mais pressão contra a Rússia.

Imagem mostra o momento em que míssil atinge região de Kiev-Metrópoles

Imagem mostra o momento em que míssil atinge região de Kiev-Metrópoles

Tanques militares russos e veículos blindados -Metrópoles

Tanques ucranianos são vistos em cidade da região após o ataque russo -Metrópoles

Tanques ucranianos são vistos em cidade da região após o ataque russo. Na foto, militares observam veículos militares seguirem por caminho de terra -Metrópoles

 

Rebeldes disparam mísseis em cidade russa. Numa floresta de gelo, são vistos lança mísseis em atividade e o rastro de fogo no céu claro -Metrópoles

Na imagem um avião russo aparece caído no chão-Metrópoles

Ucranianos saem de trens carregando malas-Metrópoles

Ucranianos formam multidão para pegar ônibus-Metrópoles

Na imagem aparece uma rodovia da Ucrânia com engarrafamento-Metrópoles

Foto mostra os pés e armas de dois soldados russos levados prisioneiro perto de Kiev, pela Ucrânia após a operação militar da Rússia na Ucrânia. Espalhadas no chão estão armas brancas, cartuchos e fuzis AEK-971 - Met

Estrutura danificada no centro da cidade de Kiev-Metrópoles

Foguete russo em teto de residência-Metrópoles

Pessoas se manifestam contra o ataque russo à Ucrânia com, entre outras coisas, um cartaz que diz

Base Aérea dos EUA em Ramstein. Após a escalada do conflito na Ucrânia, os movimentos de aeronaves na base da Força Aérea dos EUA aumentaram significativamente-Metrópoles

fumaça subindo pelos prédios após bombardeios - Metrópoles

Residência de civis foram destruídas - Metrópoles

Presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, assina contrato de pedido para o país entrar na União Europeia - Metrópoles

Edifício danificado é vista em Kievsky Rayonda de Donetsk, Ucrânia - Metrópoles

Visão de praça em Kharkiv, repleta de escombros vistos após o ataque de mísseis do exército russo na cidade - Metrópoles

Visão do escritório do governador de Kharkiv danificadoapós o ataque de mísseis do exército russo na cidade - Metrópoles

Após prédios destruídos em Kharkiv, russos dizem ter tomado Kherson. Na foto, tanque de guerra passa pela cidade - Metrópoles

Civis se reúnem na estação de metrô Dorohozhychi para se abrigar enquanto os ataques russos continuam em Kiev, Ucrânia - Metrópoles

Anúncie no JH Notícias