Search
Close this search box.
Publicidade

Expulso de rodízio, “comilão” vira influencer e garoto-propaganda

Famoso "por comer demais", João Carlos Apolonio inspirou o Desafio das Massas e conseguiu dinheiro para quitar o aluguel atrasado
Publicidade

Em uma semana, a vida do pintor João Carlos Apolonio, 29 anos, se repaginou. Após ter sido expulso de um rodízio “por comer demais”, a fama chegou. Ele se tornou uma espécie de influencer, inspirou um desafio e conseguiu renda suficiente para quitar os cinco meses de aluguel atrasado.

No último 15, João Carlos comeu 14 pratos em um rodízio de R$ 19,90, no bairro do Ipiranga, em São Paulo. “Os caras me falaram que devolveriam o meu dinheiro para eu me retirar do estabelecimento”, disse orgulhoso, em post no Instagram. O vídeo alcançou mais de 120 mil visualizações, o número de seguidores saltou de 5 mil para 43 mil, e João Carlos virou notícia.

Publicidade

Ele, então, foi convidado pelo restaurante para voltar e comer à vontade. O “comilão”, como passou a ser conhecido, comeu 35 pratos. Depois do recorde, o restaurante decidiu criar o Desafio das Massas e o convidou para ser garoto-propaganda.


De acordo com o Extra, nesse momento, os convites para ações de marketing começavam a surgir. Ele disse que no início, na empolgação, não estava cobrando, mas começou a ver os convites como uma oportunidade.

“Isso vai me ajudar pra caramba, para fazer uma compra lá para casa. Estou participando de todos que estou aguentando, indo em tudo. Servindo de garoto propaganda”, disse ao jornal.

Só com a renda de R$ 8 mil do Desafio das Massas, por exemplo, ele vai conseguir pagar os R$ 2,5 mil de aluguel atrasado e terá sua família de volta em casa.

“Minha esposa e minhas duas filhas estão dormindo na casa da minha sogra, porque não tenho dinheiro para fazer compras. Estão lá para comer e tomar banho”, disse.

Anúncie no JH Notícias