Search
Close this search box.
Publicidade

Brasil vence República Tcheca no Mundial de handebol feminino

Apesar da vitória, equipe não avança na competição
Publicidade

A seleção brasileira feminina de handebol cumpriu parcialmente seu objetivo ao vencer a República Tcheca, porém, não foi o suficiente para avançar às quartas de final no Mundial disputado na Dinamarca, Noruega e Suécia. No confronto realizado em Frederikshavn, na Dinamarca, neste domingo (10), o Brasil derrotou a equipe europeia por 30 a 27. Contudo, o resultado se mostrou insuficiente devido à diferença no saldo de gols nos jogos contra a República Tcheca e a Espanha.

Sob o comando de Cristiano Rocha, a equipe entrou em quadra consciente de que precisava de uma vitória por, pelo menos, cinco gols de diferença para avançar. Isso igualaria a pontuação na chave 4 (referente à segunda fase da competição) com as espanholas e as tchecas, vencendo nos critérios de desempate entre as três nações. Ademais, para confirmar a vaga, o Brasil dependia de uma vitória da líder Holanda sobre a Espanha.

Publicidade

Frente a um adversário resiliente (que só havia perdido uma vez até então), a equipe brasileira enfrentou dificuldades no placar desde o início. Ao final do primeiro tempo, estava em desvantagem, perdendo por 17 a 16. Na segunda etapa, a seleção brasileira conseguiu abrir no máximo quatro gols de vantagem (30 a 26), antes de a República Tcheca reduzir a diferença no placar no final.

Desde sua conquista do título mundial em 2013, a melhor performance da seleção brasileira feminina em um Mundial foi em 2021, quando chegou às quartas de final. A próxima oportunidade de igualar ou superar esse feito será em 2025, na Alemanha e na Holanda.

Combate Clean Anúncie no JH Notícias