Search
Close this search box.
Publicidade

CBF esfria atrito com Arsenal e explica convocação de lesionado Gabriel Jesus

Gabriel Jesus foi convocado por Fernando Diniz mesmo lesionado e sem jogar desde o final do mês passado
Publicidade

O médico da seleção brasileira Rodrigo Lasmar concedeu entrevista coletiva na tarde desta segunda-feira (13), na Granja Comary, e esfriou qualquer possível atrito entre CBF e Arsenal (ING) por causa da convocação do atacante Gabriel Jesus.

ALINHADOS

Publicidade

“Existe alinhamento de informações grande (entre seleção e Arsenal). O clube sempre tem filosofia diferente da seleção, sei como funciona. Mas com relacionamento e troca de informações, queremos o melhor”.

LESÃO

“Estamos acompanhando a situação desde a lesão. Mantido contato com DM do clube e atleta, sabemos que se recupera de lesão na posterior da coxa direita. Já começou a adaptação física em campo, ainda não jogou. Quando chegar, vai passar por todas as avaliações e daremos prosseguimento ao processo final de reabilitação”.

FILOSOFIA DE DINIZ

“Trouxemos pela filosofia do Diniz, que gosta de ter grupo completo, acompanhar de perto. Não temos decisão de quando vai jogar, mas é importante termos ele perto e convocamos 24 jogadores por isso. O jogador se mostrou disposto a vir, querendo vir, e nós valorizamos bastante. Estará conosco para avaliarmos e controlarmos o processo”.

O QUE ACONTECEU

Gabriel Jesus foi convocado por Fernando Diniz mesmo lesionado e sem jogar desde o final do mês passado. O técnico conversou com o jogador antes.

Neste domingo (12), o técnico do Arsenal, Mikel Arteta, reclamou da convocação do atacante. O espanhol enfatizou que ele está lesionado e não vem nem treinando.

LASMAR NÃO GARANTIU QUE JESUS ESTARÁ EM CONDIÇÕES DE ATUAR

O atacante chega na noite desta segunda-feira (13) e passará por exames e avaliação.

O médico explicou que a convocação se deu pela filosofia do treinador Fernando Diniz, que gosta de ter o grupo completo. A lista de convocados teve um nome a mais para o caso de Jesus não ter condições de jogo.

Gabriel Jesus foi titular da seleção no último jogo, contra o Uruguai, após três partidas de Richarlison. Nem Diniz, nem Jesus querem perder a oportunidade de dar sequência a esse momento, apesar de ninguém ter condições de afirmar, mesmo agora, se o atacante terá condições de jogo.

Combate Clean Anúncie no JH Notícias