Search
Close this search box.
Publicidade

Porto Velho deve mandar jogo da Copa do Brasil no interior

No último mês de dezembro, o estádio Aluízio Ferreira recebeu o show do cantor Gusttavo Lima para um público de 10 mil pessoas.
Publicidade

A diretoria do Porto Velho está buscando alternativas para poder mandar o jogo da Copa do Brasil 2022 em Rondônia. Sem poder contar com a presença de público no estádio Aluízio Ferreira, em virtude das obras no local, a Locomotiva pretender mandar a partida no interior do Estado.

De acordo com o vice-presidente do Porto Velho, Lucas Melo, as alternativas do clube são os estádios Gentil Valério (em Ariquemes), Cassolão (em Rolim de Moura) ou Portal da Amazônia (em Vilhena). “Estamos vendo as alternativas uma vez que o estádio (Aluízio Ferreira) não tem laudo e dizem que estão em obras. Temos até o dia 23 de janeiro para definir o local em que iremos mandar o nosso jogo”, frisou Lucas.

Publicidade

Na última quinta-feira o presidente do Porto Velho, Jedson Lobo, o vice-presidente Lucas Melo, e o técnico Tiago Batizoco estiveram reunidos com o presidente da Amerolim (Autarquia Municipal de Esportes de Rolim de Moura), Willian Zanetti, em Rolim de Moura.

No último mês de dezembro, o estádio Aluízio Ferreira recebeu o show do cantor Gusttavo Lima para um público de 10 mil pessoas.

Na segunda-feira, a partir das 12 horas (horário de Rondônia), a CBF fará o sorteio dos confrontos da primeira fase da Copa do Brasil 2022. O adversário da Locomotiva sairá do Pote B, o qual é integrado por: Cuiabá-MT, Goiás-GO, Juventude-RS, Vitória-BA, Coritiba-PR, Avaí-SC, CRB-AL, Ponte Preta-SP, CSA-AL e Vila Nova-GO.

Mais uma vez

Esta não foi a primeira vez que o Porto Velho não mandará o duelo na capital rondoniense. Em 2021, a Locomotiva sofreu com inúmeras mudanças de local para o duelo contra o Ferroviário-CE. Inicialmente, o jogo estava marcado para o estádio Aluízio Ferreira, em Porto Velho. Em seguida, foi transferida para o estádio Antônio Accioly, em Goiânia. Depois foi marcado para o estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda. Logo após foi confirmado para o estádio de São Januário, no Rio de Janeiro, e, em seguida, para o estádio de Los Larios, em Duque de Caxias. Todas as mudanças ocorreram em virtude de restrições governamentais visando coibir o crescimento de casos de Covid-19 em cada local.

Combate Clean Anúncie no JH Notícias